TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

INDIEJÚNIOR ALLIANZ 2020 DE REGRESSO AO PORTO

O IndieJúnior Allianz 2020 – Festival de Cinema Infanto-juvenil estará de regresso ao Porto entre 28 de janeiro e 2 de fevereiro de 2020, com seis dias de cinema, oficinas, conversas e outros eventos para famílias e escolas.

O espaço sideral, os países exóticos ou a vida animal são algumas das viagens que estarão disponíveis para toda a família no regresso da quarta edição do IndieJúnior Allianz, o festival de cinema infantil e juvenil.

INDIEJÚNIOR ALLIANZ 2020 DE REGRESSO AO PORTO

Do foco na animação canadiana com uma retrospectiva sobre o trabalho de Norman McClaren, das primeiras sessões de cinema com pais no regresso do Cinema de Colo, até às sessões especiais a bordo do carro eléctrico, são vários os desafios para descobrir e acompanhar na edição 2020 do maior festival de cinema dedicado aos mais novos a norte do país.

E porque os caminhos do Indiejúnior Allianz se fazem também na discussão dos temas que marcam o crescimento, este ano há atenção particular ao ambiente, ao cuidado com os animais e à sexualidade, temáticas presentes não só na programação de filmes, mas também nas oficinas, debates e actividades paralelas.

Destaque este ano para a competição internacional de longas metragens, reforçada com a apresentação de três filmes que, em diferentes linguagens, trazem novas histórias e propostas visuais que possam ser uma divertida alternativa ao circuito audiovisual comercial. Começar pela história de vida de Marona (A Extraordinária Viagem de Marona), uma cadela que cresceu entre os amores e desamores dos humanos em Paris. Também centrada no mundo animal, Jacob, Mimmi e os Cães Falantes acompanha a luta de dois primos pela manutenção do parque local, enquanto Uma Colónia, retrata as subtilezas das relações sociais entre jovens, contando a história de um grupo de adolescentes e da sua procura por um sítio onde podem, simplesmente, ser eles próprios. Ainda no capítulo das longas metragens, recuperação para o grande ecrã dos clássicos A Quimera do OuroE.T. – O Extraterrestre e O Clube dos Poetas Mortos, na secção O Meu Primeiro Filme. Na cerimónia de encerramento do festival, O Barco, de Buster Keaton, será musicado ao vivo por alunos da Associação Porta-Jazz.

No programa especial de sessões dedicadas a toda a família, Arriscar é Preciso!, a sábado dia 1 de fevereiro no Rivoli, com uma sessão de curtas metragens, onde se propõe uma ida à floresta de neve, um longo dia numa praia cheia de gente e uma lição de bicicleta. No mesmo dia, pela tarde, A Nossa Família é vista sobre todos os prismas, numa sessão que de curtas metragens que olha as particularidades de diferentes seios familiares. E porque ir ao cinema é colocar Todos a bordo, no dia 2 de fevereiro, domingo, cabem todos numa sessão de cinema que conta com astronautas, animais a despedirem-se do outono ou uma mergulhadora que nos leva ao mais profundo dos mares.

Comprometido com o trabalho que iniciou com as escolas nas suas últimas edições, o IndieJúnior Allianz volta a integrar sessões de cinema programadas por alunos portuenses, no regresso do ciclo Eu Programo um Festival de Cinema. Também realizada em parceria com as instituições de ensino, inaugura durante o festival a exposição, Ecos de Viagem, com trabalhos plásticos de alunos do pré-escolar e do 1ºciclo da OSMOPE, inspirados nas imagens e mensagens do programa de curtas metragens Ser Pequenino + 3 anos.

Nas actividades paralelas, o programa deste ano propõe oficinas de culinária com chocolate, construção de brinquedos, animação e desenho. Dia 9 janeiro, às 18h30, a Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto recebe um debate em torno do tema O desafio de falar sobre sexo com os mais novos, com participação de Ana Rocha, Pedro Fernandes e Filipa Bizarro e moderação a cargo de Graça Lacerda. A partir de Preliminares, de Anne van Campenhout, um documentário divertido e descomplicado sobre como é feita a educação sexual numa escola da Holanda, será lançada uma conversa com a intenção de chegar a respostas que contribuam para uma melhor relação com a educação sexual, entre pais e filhos, escola e alunos.

Os bilhetes já estão disponíveis para compras através da rede da BOL. As sessões especiais de cinema no Museu do Carro Eléctrico já se encontram esgotadas. Mais informações e programa completo clique aqui

COLISEU PORTO AGEAS COMEMORA 78 ANOS COM EXPOSIÇÃO

O Coliseu Porto Ageas comemora 78 anos com uma exposição sobre a sua história. “Montra de Histórias” é título da exposição que a histórica sala de espetáculos do Porto inaugura esta quinta-feira, 19 de dezembro, dia em que assinala o 78.º aniversário.

Divida em seis núcleos, a exposição resulta de uma renovação e remodelação das montras situadas no corredor de acesso à Plateia e Tribuna, e evoca alguns dos grandes nomes que se apresentaram no Coliseu nas áreas da música, do cinema, da ópera, da dança ou do circo.

Partindo de desenhos de arquitetura, recortes de imprensa antigos, programas de espetáculos e imagens, aos quais se juntam objetos históricos como um móvel dos primeiros camarins, o Livro de Honra com as assinaturas dos artistas que atuaram na sala, máquinas de projeção de cinema, ou o Bastão de Molière usado pelo Maestro Pedro Freitas Branco para dar as três pancadas na noite da inauguração, relembram-se algumas das grandes histórias que este teatro guarda nas suas paredes.

Estas montras já tiveram várias valências, incluíndo, há muitas décadas, a venda de produtos de lojas situadas nas imediações no Coliseu Porto Ageas. Uma das montras é uma caixa forte com vidro à prova de bala, porque era a montra usada por uma joalharia. Ganham agora uma valência museológica que mantém viva a memória do passado, sob a qual se alicerça o presente e o futuro.

“Montra de Histórias” inaugura às 18h30 desta quinta-feira e a entrada é livre. Poderá depois ser vista gratuitamente em dias de espetáculo. A exposição conta também com um suporte digital, em que o público poderá, através do QR Code visível em cada montra, saber mais sobre os núcleos expositivos.

Montra de Histórias” conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto e parte da exposição “O Coliseu e a Cidade: 75 anos de histórias”, inaugurada em novembro de 2017 nos Paços do Concelho.

COLISEU PORTO AGEAS COMEMORA 78 ANOS COM EXPOSIÇÃO
Alçado da fachada principal, 1939
Projeto de Júlio de Brito
[Arquivo Histórico Municipal do Porto]

PORTO INAUGURA ILUMINAÇÕES DE NATAL COM FESTA NOS ALIADOS

O Porto inaugura as iluminações de Natal, com festa nos Aliados, que vão dar mais vida e cor à época mais bonita do ano. Esta é já uma tradição da cidade, com várias propostas de animação ao longo da tarde, como as atuações de Agir, Ana Bacalhau, Irma, Matay e da banda The Lucky Duckies. As luzes e a Árvore de Natal acendem-se a partir das 18 horas, com um espetáculo multimédia produzido especialmente para a cerimónia.

Apesar do epicentro da animação se situar na Avenida dos Aliados, as propostas estendem-se a praticamente toda a Baixa da cidade, com a música a ser o fio condutor de um vasto programa de atividades , que culminarão com o momento de ligação das luzes e a inauguração da Árvore de Natal, erguida como habitualmente na Praça do General Humberto Delgado, em frente ao edifício dos Paços do Concelho.

DOIS CONCERTOS MUITO ESPECIAIS

Antes e depois da ligação das luzes, o programa propõe dois concertos preparados à medida da festa, no palco que será montado junto ao Espelho de Água, na placa superior dos Aliados.

A partir das 16,30 horas, num espetáculo em estreia absoluta, quatro dos mais interessantes artistas nacionais reúnem-se em palco para celebrar a chegada do Natal ao Porto. Nomes consagrados como Agir e Ana Bacalhau juntam-se aos emergentes Irma e Matay para um concerto onde serão interpretados os temas mais conhecidos dos seus reportórios, mas também várias canções populares de Natal.

Após a inauguração da Árvore, será a vez da banda retro The Lucky Duckies convidar o público a uma viagem pelos clássicos da música internacional e também portuguesa dos anos 20 aos 60 do século passado. Do alinhamento farão parte os grandes clássicos de Natal incluídos no seu último trabalho discográfico, lançado em 2018, “Lucky Christmas”.

ANIMAÇÃO LOGO A PARTIR DO INÍCIO DA TARDE

Para dar início ao espírito de Natal na cidade, haverá performances, concertos, paradas e coros itinerantes, entre outras surpresas, a animar as ruas da Baixa, logo desde as 15 horas.

Como que a “Dar corda ao Natal”, um coro de oito elementos vai partir a essa hora dos Aliados em direção aos Clérigos, Largo Amor de Perdição, Cordoaria, Praça de Carlos Alberto e Rua de Cedofeita, interpretando um reportório eclético e alusivo à quadra.

Por sua vez, um grupo de quatro Soldadinhos de Chumbo vai animar o centro da cidade com os seus instrumentos musicais, saindo da Rua Formosa, às 15 horas para percorrer as ruas de Santa Catarina e de 31 de Janeiro, rumo aos Aliados. Pelas 16 horas, haverá ainda tempo para um divertido espetáculo apresentado pelo mímico chileno Mimo Huenchulaf, na Praça da Liberdade.

MERCADOS DE NATAL E PISTAS DE GELO

Neste dia 30 de novembro, inauguram também as duas pistas de gelo natural que vão funcionar na cidade até ao dia 12 de janeiro. Na Praça de D. João I, a pista abre logo às 10 horas, enquanto na Rotunda da Boavista, onde volta a estar instalada a Praça da Fantasia, o gelo começa a ser “quebrado” a partir das 11 horas. No feriado de 1 de dezembro, as duas pistas vão ter acesso gratuito durante o período da manhã, até às 13 horas.

De resto, na manhã de sábado, há ainda a assinalar a abertura de dois dos três mercados natalícios apoiados pelo Município: o Mercado da Alegria, que ocupará o Largo de Santo Ildefonso e a Praça da Batalha (até 31 de dezembro); e a feira de artesanato Artes e Ofícios do Porto, localizada na Praça dos Poveiros (até 23 de dezembro). A Artesanatus Porto, que este ano se estreia no Jardim de São Lázaro, terá lugar entre 14 e 22 de dezembro.

PROGRAMA

Sábado, 30 de novembro de 2019 

15h00-16h30

“Dar Corda ao Natal” – Coros itinerantes

Avenida dos Aliados / Largo do Amor de Perdição / Rua de Cedofeita

15h00-16h30

Soldadinhos de Natal – Parada musical

Rua Formosa / Rua Fernandes Tomás / Rua de Sá da Bandeira / Avenida dos Aliados

15h00

Ensemble de Trompetes do Conservatório de Música do Porto

Escadaria da Igreja de Santo Ildefonso

 15h30

Natal a Rir: “Una sonrisa muda la vida”, por Mimo Huenchulaf

Praça da Liberdade

16h30

Concerto – Agir, Ana Bacalhau, Irma e Matay

Avenida dos Aliados (placa superior)

18h00

Espetáculo multimédia + Fogo de artifício

Inauguração da Árvore de Natal e ligação das luzes

Praça do General Humberto Delgado

18h15

Concerto – The Lucky Duckies

Avenida dos Aliados (placa superior)

Chama-se a atenção ao condicionamento de trânsito na Avenida dos Aliados no dia 30 de novembro, pelo que se recomenda saiba mais aqui.
Foto © Miguel Nogueira / CM do Porto

EXPOSIÇÃO SENTIR O OCEANO NO MUSEU FC DO PORTO

A exposição temporária Sentir o Oceano, da artista portuense Catarina Machado, faz regressar a pintura à Sala Multiusos do Museu do Futebol Clube do Porto, mantendo-o assim como espaço de divulgação de autores portugueses, proporcionando, mais um ponto de contacto entre o público e a arte, cumprindo ainda um desígnio que também distingue a centralidade cultural do Estádio do Dragão, na área oriental da cidade do Porto. Com abertura ao público a 21 de novembro, o evento reúne trabalhos da artista e prolonga-se até 26 de janeiro de 2020.

Catarina Machado inspira-se no mar e explora a pintura em esmalte para transmitir emoções em estado líquido. Dos trabalhos predominantemente azuis e brancos selecionados para esta exposição resultam desafios de contemplação associados à temática marinha. As sensações antagónicas de imersão e emersão encontram-se nas obras apresentadas e trazem ancoradas as experiências da autora que, através da prática do surf, adquiriu uma vivência diária com o mar.

Natural do Porto e residente em Miramar (Vila Nova de Gaia), Catarina Machado é licenciada em Arquitetura pela Universidade Lusíada do Porto e completou uma pós-graduação em Arte Contemporânea na Universidade Católica do Porto, entre outros cursos e formações relacionados com as artes. Expõe individualmente desde 1996 e já participou em mais de 200 mostras coletivas, em Portugal e no estrangeiro, recolhendo vários prémios e menções honrosas ao longo do percurso.

Com entrada livre, Sentir o Oceano decorre na Sala Multiusos e dá origem a iniciativas realizadas em colaboração com o Serviço Educativo do Museu. No dia 14 de dezembro, as sensações e as mensagens contidas nas obras apresentadas são uma parte do discurso de uma Visita Orientada (entrada livre) a esta mostra temporária, mas outra abordagem também original à arte de Catarina Machado será a oficina criativa para famílias “Sentir o Azul Profundo Debaixo das Ondas do Mar” (5€ por criança + 1 acompanhante), no dia 19 de janeiro de 2020, atividade pedagógica e divertida na Terra do Dragão, espaço do Serviço Educativo do Museu.

CLUBEDO 2019 – O JAZZ EM ROMARIA PELO CENTRO DO PORTO

O Clubedo, na sua segunda edição, reedita a romaria jazz por excelência, que se propõe a reavivar o circuito de clubes e salas da cidade com propostas urgentes, novos discos e projectos em trânsito de relevância internacional. Depois de uma primeira edição incluída no Festival Porta-Jazz em 2018, o evento acontece em separado, numa antecipação ao que será o festival marcado para Fevereiro. A ter lugar entre os dias 6 a 14 de Dezembro, o Clubedo é curado e organizado pela Associação Porta-Jazz e propõe uma visita às diversas linguagens jazz do agora num ciclo de concertos por várias salas icónicas da cidade.

Reunindo artistas de renome, jovens certezas e parcerias internacionais, o Clubedo propõe-se a olhar e pensar o jazz enquanto organismo vivo e em constante renovação. O evento é um convite à descoberta do jazz e dos espaços que habita, num percurso estendido ao longo de dez dias, com onze concertos, um encontro de escolas e oficina, um lançamento de disco, colaborações inéditas e regressos aguardados. Pelo Porto actuam Luís Lapa & Pé de Cabra, o Trio João, PuzzleNorth Camels Large EnsembleWizFilipe Teixeira Trio “Tao”Sexteto Mário Santos “bloco A6”Galip “Cale”Aladdin KillersPaula Sousa e Ohad Talmor Trio.

O Clubedo inicia o caminho em direção ao evento-essencial dos principais agitadores da cultura jazz na Invicta, o Festival Porta-Jazz, que tem a 10ª edição apontada para os dias 7, 8 e 9 de Fevereiro de 2020 no Teatro Rivoli. A política de preços dos bilhetes para os concertos do Clubedo será a mesma que a praticada por cada sala durante o ano, variando entre a entrada livre e os 8€. Os Membros da Porta-Jazz terão entrada livre em. todas as sessões.

Para saber mais sobre este evento clique aqui.

CLUBEDO 2019 - ROMARIA JAZZ NO PORTO - Será a segunda edição do Clubedo, a romaria jazz por excelência que se propõe a reavivar o circuito de clubes e salas da cidade com propostas urgentes, novos discos e projectos em trânsito de relevância internacional.

COCKTAIL WEEK DE 11 A 19 DE OUTUBRO EM LISBOA E NO PORTO

A Cocktail Week está de regresso e são várias as novidades. A  edição deste ano vai decorrer simultaneamente em Lisboa e Porto – uma estreia absoluta na Invicta! –, contando a Pernod Ricard Portugal como patrocinador principal e um total de 68 bares e restaurantes participantes, com marcas da Pernod Ricard como Absolut Elyx, Altos Tequila, Beefeater Gin, Havana Club, Jameson Irish Whiskey e Lillet.

COCKTAIL WEEK DE 11 A 19 DE OUTUBRO EM LISBOA E NO PORTO

Destaque especial para o momento Dinner & Cocktail, uma oportunidade para degustar harmonizações entre comida e cocktails.  De 11 a 19 de outubro, os bares aderentes propõem-se a criar 3/4 cocktails de autor, que os clientes podem comprar em regime 2 por 1, durante o Momento Cocktail que é todos os dias dessa semana das 18.00 às 23.00. Isto significa que vão estar à disposição do público cerca de 230 cocktails, e que metade destes podem ser experimentados de forma gratuita.

O Dinner & Cocktail é a grande novidade desta edição. Uma rota por restaurantes de Lisboa e Porto onde o pairing entre comida e cocktails é o destaque. Ao jantar, cada espaço coloca à disposição combinações entre comida e cocktails, podendo ser um simples snack a acompanhar um cocktail de autor ou um menu de degustação totalmente harmonizado com cocktails. Os prémios O Melhor Cocktail de Lisboa e O Melhor Cocktail do Porto são atribuídos por um júri especializado no final do evento.

Os locais a concurso submetem um cocktail de autor para avaliação e no final da semana, dia 19 de outubro, serão revelados os vencedores. Na primeira edição, o primeiro lugar foi para o cocktail Apple Lovers, servido no Arena Lounge, no Casino Lisboa. Na última edição, o vencedor foi o Tales of Thailand, apresentado pelo Double9.

Mas o público também tem uma palavra a dizer, com a atribuição d’OCocktail Escolha do Público, em ambas as cidades. Através de uma votação online em cocktailweek.pt, os entusiastas de cocktails podem eleger os seus favoritos.

Também existirá um Programa de Eventos de natureza diversa – de concertos a workshops – com vista a celebrar o cocktail nos diversos locais participantes na Lisboa & Porto Cocktail Week 2019.

Na sua essência, a Cocktail Week trata-se de um roteiro por bares e restaurantes envolvidos nesta celebração, que estará disponível aqui, e também na aplicação da Zomato e em mapas e guias disponíveis nos vários espaços. No final, serão atribuídos quatro prémios, O Melhor Cocktail de Lisboa e O Melhor Cocktail do Porto e O Cocktail Escolha do Público, em ambas as cidades.

TRINDADE ZÉNITE A NOVA CERVEJA QUE PRECISA CONHECER

Trindade Zénite uma inovação da Hoppy House Brewing que precisa conhecer! Com a chegada do Outono, as temperaturas vão baixar, e pedem-se novas sugestões que aqueçam a alma e esta estação do ano. E que melhor maneira de começar esta época com a nova Trindade Zénite, uma Porter com um toque especial de baunilha em vagem, que fazem desta Cerveja a companhia ideal para os dias mais frios.

A nova Trindade Zénite é uma Cerveja de cor escura, cremosa, com notas de café e um toque inconfundível de baunilha em vagem. De corpo médio e notas tostadas, que equilibram com uma doçura a baunilha, e que confere um final de boca muito saboroso. Com um teor de álcool de 6.2%, deve ser apreciada a temperaturas mais altas (7º a 10ºC).

Para apreciá-la ao máximo, nada melhor do que combinar com uma das mais populares especialidades da doçaria portuguesa, tornando esta experiência ainda mais apetecível. Para isso, a Trindade desenvolveu uma parceria com a Pastelaria Santo António, em Lisboa, vencedora do melhor Pastel de Nata. No próximo dia 26 de setembro, quem pedir uma Trindade Zénite, em bares e restaurantes selecionados de Lisboa e Porto, receberá um pastel de nata bem ao gosto do português!

O paring de Zénite só poderia ser com o doce mais icónico da cidade de Lisboa, cidade onde nasceu Trindade.

A mais recente inovação vem juntar-se em pleno Outono/Inverno à trilogia Trindade – Profana, Áurea e Fénix – disponíveis em pontos de venda da cidade de Lisboa e em alguns pontos de venda especializados em cerveja artesanal do país.

Fique a conhecer mais sobre os bares e restaurantes seleccionados onde poderá viver esta nova experiência de sabor no próximo dia 26 de setembro.

TRINDADE ZÉNITE A NOVA CERVEJA QUE PRECISA CONHECER

AS MESAS BOHEMIA LEVAM O RESTAURANTE “A ESCOLA” AO PORTO

As Mesas Bohemia, na sua excelente iniciativa de habituar os portugueses de norte a sul do país, a ver os restaurantes trocar de cidade, vai desta vez levar à cidade do Porto, o Restaurante A Escola, situado na estrada que liga Alcácer do Sal à Comporta. Aberto há 12 anos, o Restaurante Escola deve o seu nome ao facto de funcionar numa antiga escola primária do Estado Novo e é um projeto cozinhado em lume brando, para resgatar do esquecimento as memórias de uma cozinha secular.

Mesas Bohemia - Restaurante A Escola

Assim, no último fim de semana de setembro, o Armazém do Cais Novo no Porto vai conhecer os clássicos bem feitos e cheios de sabor do Restaurante Escola, que quando combinados com a cerveja Bohemia ganham uma nova interpretação. Para isso, contam com a experiência e sabedoria do chef Octaviano Martins, que promete não deixar os seus créditos por mãos alheias.

Como introdução para esta primeira aula, aposta-se na frescura da Bohemia Pilsener, que será o amuse-bouche da matéria dada. Esta cerveja será acompanhada de uma Cenoura Aberta – um clássico do Sul, onde a cenoura é ligeiramente cozinhada e depois temperada com azeite, alho, coentros e vinagre. Uma espécie de pickle alentejano que acompanha muito bem com pão.

A primeira lição versa sobre as delícias do pão alentejano, um encaixe perfeito para os torrados da Bohemia Bock, inigualável companhia nos pratos de panela. A belíssima Açorda de Tomate com Enguias fritas  é um dos pratos que identifica a região, e que aqui se vê enriquecida com pedaços de chouriço e pão frito. O ovo escalfado finaliza a experiência que acompanha muito bem as enguias fritas, com limão, para ficarem ainda mais deliciosas.

Na segunda lição aprende-se o que já está esquecido. A Bohemia Puro Malte conhecida pelas suas notas de  amargor ligam na perfeição com a maravilhosa Perdiz na Púcara – mais um clássico alentejano, a comida de conforto por excelência. Esta é uma receita rica e cheia de sabor. Cozinhada no tacho, com tenros legumes e muito caldo para se molhar o pão, a delicadeza da Perdiz ganha aqui um enorme destaque que honra a tradição.

Para o prato estrela desta edição, elegeu-se a Bohemia Original, que com as suas notas de caramelo e corpo bem presente faz a ligação perfeita entre a tradição e o palato. A Empada de Coelho Bravo com Arroz de Pinhão é um dos pratos que deu fama ao Restaurante Escola. Uma empada rica, com um recheio bem composto de Coelho Bravo. A massa muito bem feita e o recheio a preceito fariam o orgulho das avós. Acompanha com arroz de pinhão e como pairing, a  Bohemia Original.

Para terminar com nota máxima, o Doce da Casa, a que acresce a saborosa surpresa dos pinhões típicos da região. Como conselho para os mais gulosos devem acrescentar umas gotas de limão e mexer bem com uma colher, para uma viagem direta à infância.

MENU MESAS BOHEMIA / RESTAURANTE A ESCOLA

ENTRADA
Bohemia Pilsener & Cenoura Aberta
Para acompanhar a leve e refrescante Bohemia Pisener, nada como um clássico do sul – Cenoura aberta, ligeiramente cozinhada e temperada com azeite, alho, coentros e vinagre.

PRIMEIRO PRATO
Bohemia Bock & Açorda de Tomate com Enguias Fritas.
Para acompanhar os torrados e corpo forte da Bohemia Bock, uma belíssima Açorda de Tomate com Enguias fritas. Um dos pratos do quadro de honra da região. Ovo escalfado, pedaços de chouriço e pão frito enriquecem a experiência das enguias fritas com limão.

SEGUNDO PRATO
Bohemia Puro Malte & Perdiz na Púcara.
A Bohemia Puro Malte com o seu corpo equilibrado e nota de amargor, vai equilibrar o clássico Alentejano – Perdiz na Púcara. Uma receita rica e cheia de sabor, cozinhada no tacho, com tenros legumes e muito caldo para se molhar o pão.

TERCEIRO PRATO
Bohemia Original & Empada de Coelho Bravo com Arroz de Pinhão.
A Bohemia Original com as suas notas de caramelo e corpo presente vão fazer a ligação perfeita com o prato estrela da casa: a Empada de Coelho bravo com Arroz de Pinhão. Um autêntico 20 gastronómico. Um dos pratos que deu fama ao restaurante Escola.

SOBREMESA
Doce da Casa
Homeschooling bem aplicado. Uma sobremesa com os pinhões típicos da região.
Cábula: para os mais gulosos sugerimos acrescentar umas gotas de limão e mexer bem com uma colher para uma viagem direta à infância.

Para comprar o seu bilhete para esta edição das Mesas Bohemia, clique aqui.

Criar Conta de Utilizador