TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

HMB EM CONCERTO COM ENTRADA LIVRE NO CASINO ESTORIL

Os HMB sobem ao palco do Lounge D do Casino Estoril pelas 23:00 do dia 11 de Julho. Os Grandes Concertos do Casino 2019 continuam a registar uma enorme afluência e há muito que são um êxito! Mais uma noite a não perder no Casino Estoril, que certamente irá esgotar.

Já eram amigos e já todos tocavam com outras formações, quando em 2007, resolvem formar a banda, à margem do projecto que mantinham na Igreja Evangélica. Era uma maneira de conseguirem explorar outros caminhos.

O primeiro disco homónimo foi lançado em 2012 e Dia D, o primeiro single, foi quase um sucesso imediato de rádio. Estavam apresentados os HMB: Soul e RnB, com um toque de jazz, funk e hip hop, sempre em Português e sempre com muito groove. As influências eram muito claras com a música negra norte Americana à cabeça: Al Green, Marvin Gaye, Stevie Wonder, Michael Jackson; ou mais recentemente, os Roots, D’Angelo, Eryka Badu ou Common.

HMB (sigla para “Héber Marques Band”, nome inicial da banda colocado à pressa antes do primeiro concerto do grupo num bar) é uma banda portuguesa de soul e funk, em atividade desde 2007. É constituída por Héber Marques (vocalista), Fred Martinho (guitarrista), Daniel Lima (teclista), Joel Silva (baterista) e Joel Xavier (baixista). Todos os temas lançados pela banda são cantados em português.

Estiveram nomeados para o prémio Best Portuguese Act, na edição de 2014, 2016 e 2017 dos MTV Europe Music Awards. Os HMB venceram o prémio de Melhor Música na edição de 2017 dos Globos de Ouro, com o tema “O Amor É Assim”, que também conta com a participação vocal de Carminho), assim como o prémio de Melhor Grupo na edição de 2018 do mesmo evento.

“Naptel Xulima” (2015) – o segundo single do segundo álbum da banda, Sente – entrou numa campanha da Fox Life Portugal alusiva ao verão em 2015. Em 2017, foi a vez de “Não Me Leves a Mal” – terceiro single de +, terceiro álbum dos HMB – entrar numa campanha publicitária, desta feita para o iogurte líquido Corpos Danone. O anúncio foi protagonizado pela atriz Jessica Athayde. Já “Paixão”, tema de 2017, foi utilizado no genérico da telenovela do mesmo nome.

HMB201920anos

Entrada para M/14 anos e para M/10 anos desde que acompanhados pelos pais.

MÚSICA DE OUTROS TEMPOS EM SANTA CRUZ DO BISPO

Música de Outros Tempos para escutar em Santa Cruz do Bispo! A música é antiga, dos séculos XVII e XVIII, e vai ser tocada com recurso a réplicas dos instrumentos da época, procurando reconstituir com a exatidão histórica possível o modo como foram interpretadas as peças de Henry Purcell, António Vivaldi, Georg Philipp Telemann e Johan Joachim Agrell no tempo em que foram compostas.

No cenário barroco da Igreja Matriz de Santa Cruz do Bispo, também datada do século XVIII, só os intérpretes e os ouvintes do recital do grupo Mvsica Antiqva do Porto, marcado para as 21h30 de sexta-feira, 5 de julho, estarão a par com o tempo que vivemos.

Esta autêntica viagem à Música de Outros Tempos arrancará com a “Sonata em Ré maior para trompete e cordas”, do inglês Henry Purcell, que foi, para além de compositor, organista na Abadia de Westminster no final do século XVII. Seguir-se-ão duas peças de Vivaldi, “Sinfonia em Dó maior, RV 112” e “Trio sonata em Sol menor para alaúde, violino e baixo, RV 85”, apenas uma pequeníssima parte das 750 obras que o veneziano deixou escritas.

O recital incluirá ainda a suíte “Dom Quixote”, que Georg Philipp Telemann compôs a partir da imortal obra literária de Miguel de Cervantes, moldando-a ao gosto da suíte orquestral francesa. Do alemão que em 1701 se propôs a compor duas cantatas mensais para a igreja de Santo Tomás, e chegou a ser diretor da Ópera de Leipzig, escutar-se-á ainda o “Concerto para trompete e cordas”, antecedido pela “Sinfonia para cordas e contínuo”, do sueco Johan Joachim Agrell.

Parte do movimento musical de Interpretação Historicamente Informada, o grupo Mvsica Antiqva do Porto é composto por Ana Clérigo e Hugo Santos (violinos barrocos), Rogério Monteiro (viola barroca), Leonor Sá (violoncelo barroco), Pedro Martins (tiorba), João Milheiro (trompete natural), Raquel Martins e João Lima (traversos).

Este concerto na Igreja Matriz de Santa Cruz do Bispo integra o programa de música erudita da Câmara Municipal de Matosinhos, Música em Matosinhos, que há mais de uma década procura descentralizar e democratizar o acesso e a fruição da música clássica.

DAVID FONSECA NOS GRANDES CONCERTOS DO CASINO

David Fonseca, um nome incontornável no panorama musical português, atua no dia 4 de Julho, pelas 23:00 nos Grandes Concertos do Casino 2019. O Lounge D do Casino Estoril vai acolher este sempre surpreendente artista, para um espetáculo de incomparável criatividade, com entrada livre.

E uma vez mais, David Fonseca voltou a surpreender: Radio Gemini, o seu último disco, é muito provavelmente o seu disco mais vibrante e refrescante. E sim, isto acontece duas décadas depois de o termos descoberto em “Silence Becomes It”, o disco de estreia da banda Silence 4.

Adicionar às canções de “Radio Gemini” – “Oh My Heart”, “Get Up”, “Resist” ou “Tell Me Something I Don’t Know”, serão algumas das eleitas – outras, oriundas da sua discografia a solo, como “Superstars”, “The 80’s”, “What Life Is For” ou “Someone That Cannot Love”; ou das suas parcerias como nos Humanos; ou até revisitações ao repertório mais emblemático da história com os Silence 4, tudo isto faz deste espectáculo uma celebração da incomparável criatividade de David Fonseca.

Espetáculo para M/14 anos ou para M/10 anos quando acompanhados pelos pais

Para mais informações e reservas de mesas:

Tlf: 214 667 815 | 933 106 760

Todos os dias das 15H00 às 03H00

E-mail: loungedcasinoestoril@grupoflow.pt

COM O CINECONCHAS 2019 ABRIU A TEMPORADA DE CINEMA AO AR LIVRE

Com o CineConchas 2019, abriu a temporada de cinema ao ar livre na Quinta das Conchas em Lisboa. Com um cartaz de filmes extraordinários, e que todos vão adorar, o CineConchas 2019 arrancou no dia 27 de Junho, mas há muitos outros filmes para ver até ao próximo dia 13 de Julho, a partir das 21:45. A entrada é livre como sempre!

PROGRAMA CINECONCHAS 2019

Quinta-feira, 27 de Junho
Filme: A Revolução Silenciosa
Realização: Lars Kraume (M/12)

Drama / Histórico
111 min

Em 1956, na República Democrática Alemã, alunos de uma escola da cidade socialista de Stalinstadt (actual Eisenhüttenstadt) decidem fazer um minuto de silêncio em honra das vítimas da violência das tropas soviéticas durante a Revolução Húngara, uma revolta popular contra as políticas impostas pelo Governo daquele país. Mas o protesto dos jovens, que pretendia ser essencialmente simbólico, acaba por tomar proporções que nenhum deles estava preparado para enfrentar. Adaptado da obra homónima do escritor e ensaísta alemão Dietrich Garstka, um filme baseado em factos verídicos que reflecte sobre questões sociais e políticas posteriores à Segunda Grande Guerra.

Sexta-feira, 28 de Junho
Filme: Hunter Killer
Realização: Donovan Marsh (M/12)

Acção
121 min

O submarino norte-americano USS Tampa Bay, desaparece no Ártico durante uma missão de vigilância a um submersível russo. O Contra-Almirante John Fisk envia outro submarino, o USS Arkansas, sob o comando do recém-promovido e pouco ortodoxo Comandante Joe Glass, para investigar o sucedido. Ao mesmo tempo, uma equipa de SEALs da Marinha, chefiada pelo Tenente Bill Beaman, é enviada para observar uma base naval russa. À chegada, descobrem que o presidente da Rússia foi feito refém por um grupo que tenciona fazer eclodir a 3ª Guerra Mundial. Perante este cenário, o Capitão Glass e a equipa de SEALs têm de unir forças para se infiltrarem em águas inimigas, resgatar o presidente russo e impedir uma catástrofe global.

Sábado, 29 de Junho
Filme: Força Ralph: Ralph vs Internet (versão falada em português)
Realização: Phil Johnston, Rich Moore (M/6)

Animação
112 min

Ralph, o vilão dos videojogos, e a sua melhor amiga, Vanellope Von Schweetz, deixam a sua zona de conforto para salvarem Sugar Rush, o videojogo de Vanellope. A sua missão leva-os para o vasto e desconhecido universo da Internet, onde vão contar com o apoio de um grupo de cidadão digitais: Yesss, com a cabeça de um algoritmo e o coração e alma de um site de tendências, Buzzztube e Shank, uma feroz piloto do jogo de corridas online Slaughter Race, um local que Vanellope passa a adorar – tanto que Ralph receia perder a única amiga que alguma vez teve.

 

Quinta-feira, 4 de Julho
Filme: Todos Sabem
Realização: Asghar Farhadi (M/12)

Drama / Crime
138 min

Laura, uma espanhola a viver em Buenos Aires, regressa à sua cidade natal, nos arredores de Madrid, na companhia dos filhos, passa assistir ao casamento da irmã. No entanto, a viagem é perturbada por acontecimentos inesperados que vão revelar segredos do passado.

Sexta-feira, 5 de Julho
Filme: Viúvas
Realização: Steve McQueen (M/14)

Drama / Thriller
128 min

Numa cidade de Chicago atormentada por tumultos, quatro mulheres descobrem que têm em comum uma dívida deixada pelas atividades criminosas dos falecidos maridos. Verónica (Viola Davis), Alice (Elizabeth Debicki), Linda (Michelle Rodriguez) e Belle (Cynthia Erivo) decidem assumir o seu próprio destino e planeiam construir o futuro nos seus próprios termos. Um thriller intenso realizado por Steve McQueen (Vencedor do Oscar com “12 Anos Escravo”) e escrito por Gillian Flynn, autora do best-seller “Em Parte Incerta”.

Sábado, 6 de Julho
Filme: Green Book – Um Guia Para a Vida
Realização: Peter Farrelly (M/12)

Comédia Dramática
130 min

Em 1962, Frank Anthony Vallelonga, também conhecido como Tony Lip (Viggo Mortensen), um segurança em Nova Iorque que vive no bairro italo-americano do Bronx, é contratado para conduzir e proteger o Dr. Don Shirley (Mahershala Ali), um pianista negro de renome mundial, na sua digressão até ao sul dos Estados Unidos. Numa era em que as leis de segregação racial ainda se mantêm em vigor abaixo da linha Mason-Dixon, Tony Lip toma contacto com um guia de viagem conhecido como The Green Book que oferece opções seguras de alojamento e restaurantes para afro-americanos – lugares onde o Dr. Shirley não será impedido de entrar, humilhado, ou violentamente ameaçado. Tendo como pano de fundo um país em luta, os dois homens serão confrontados com o racismo e o perigo, e serão confortados pela generosidade, gentileza e humor. Juntos, vão desafiar preconceitos antigos, ultrapassar as suas diferenças aparentemente intransponíveis e abraçar a humanidade e o respeito pelo próximo. E o que começa como uma viagem de apenas dois meses, estabelecerá uma amizade para toda a vida.

Quinta-feira, 11 de Julho
Filme: Guerra Fria
Realização: Pawel Pawlikowski (M/14)

Drama / Musical / Romance
85 min

Uma impetuosa história de amor entre duas pessoas de diferentes origens e temperamentos, que são fatalmente incompatíveis, mas que estão destinadas a estar juntas. Tendo como pano de fundo a Guerra Fria nos anos 50 na Polónia, Berlim, Jugoslávia e Paris, o filme retrata uma história de amor impossível em tempos impossíveis. Prémio de melhor realização no Festival de Cannes 2018.

 

Sexta-feira, 12 de Julho
Filme: Bohemian Rhapsody
Realização: Bryan Singer, Dexter Fletcher (M/12)

Musical / Biografia
135 min

“Bohemian Rhapsody” é uma celebração da banda Queen, da sua música e do seu extraordinário vocalista Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do mundo. O filme conta a história por detrás da ascensão da banda através das suas icónicas canções e som revolucionário. Relata também a quase implosão da própria banda graças ao estilo de vida corrosivo de Mercury, e da sua reunião triunfante na véspera do Live Aid, onde Mercury, lutando contra uma doença mortal, guia a banda por uma das maiores atuações da história do rock.

Sábado, 13 de Julho
Filme: Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto (VP)
Realização: Dean DeBlois (M/6)

Animação
104 min

Agora chefe e governante de Berk, juntamente com Astrid, Hiccup criou uma gloriosa e caótica utopia de dragões. Quando o aparecimento de uma Fúria da Luz coincide com a ameaça mais negra que a vila alguma vez enfrentou, Hiccup e Desdentado têm de deixar o único lar que alguma vez conheceram e partir para um mundo secreto que se julga existir apenas nos mitos. Quando os seus verdadeiros destinos se revelam, dragão e Viking vão lutar juntos, nos confins do mundo, para protegerem tudo o que amam.

A imagem pode conter: texto

O CineConchas 2019 é organizado pelo Centro Social da Musgueira, uma instituição particular de solidariedade social, com 56 anos de trabalho ao serviço da população.

CineConchas 2019, de 27 de Junho a 13 de Julho.

VASCO DANTAS ENCERRA CICLO DE PIANO EM MATOSINHOS

Vasco Dantas, um matosinhense que já conquistou mais de 50 prémios em concursos internacionais em diversos países, tendo atuado em 20 países de quatro continentes, encerra o ciclo de piano do programa Música em Matosinhos, com um concerto no sábado, dia 29 de Junho, pelas 19 horas, no Estúdio da Orquestra de Jazz de Matosinhos, com entrada livre.

Um extenso programa comporá o último recital do ciclo de piano, com obras que vão de Maurice Ravel a Adolf Andrey Schulz-Evler, passando por Franz Liszt, Claude Debussy e Luís de Freitas Branco.

O recital de Vasco Dantas abrirá com as obras “Jeux d’eau” (1901) e “Gaspard de la Nuit” (1908), que Maurice Ravel compôs a partir de poemas/fantasias de Louis Bertrand. De Debussy ouvir-se-ão “La Cathedral Engloutie” e “Ce qu’a vu le vent d’Ouest”, peças retiradas dos “Préludes, livre I”, às quais se seguirão os “10 Prelúdios” que Luís de Freitas Branco criou entre os anos de 1914 e 1918, e dedicou a Vianna da Mota.

Da vasta obra do húngaro Franz Liszt,  arrojada e revolucionária, Vasco Dantas interpretará as composições “Jeux d’eau à la Villa d’Este”, retirado do III volume dos “Années de Pèlerinage”, a “Ballade Nº2” e “Auf dem Wasser zu singen”. O recital encerrará com a transcrição que, em 1904, o polaco Schulz-Evler fez da valsa “Danúbio Azul”, de Johann Strauss.

Iniciado a 4 de maio, o ciclo de piano do programa Música em Matosinhos, contou com Mário Laginha, Pedro Burmester, Fausto Neves, Luís Pipa e Marta Meneses, que atuaram no Estúdio da Orquestra Jazz de Matosinhos (Avenida Menéres, 456).

A Música em Matosinhos, programa de música erudita da Câmara Municipal de Matosinhos, acontece há mais de uma década e inclui este ano, entre outros, um conjunto de recitais também gratuitos do Quarteto de Cordas de Matosinhos nas igrejas do concelho, com o objetivo de descentralizar e democratizar o acesso e a fruição da música clássica.

27ª EDIÇÃO DO CURTAS COM PROGRAMAÇÃO FECHADA

Está fechada a programação para 27ª Edição do Curtas, que regressa a Vila do Conde entre 6 e 14 de Julho, com uma selecção de mais de 250 filmes de produção recente que pretendem ser um espaço de descoberta, reencontro e divulgação para novos e consagrados autores.

Em 2019, o cinema português volta a ocupar a sala e horário nobre do festival. Dezasseis filmes em estreia na competição nacional, cinco filmes que marcaram o panorama do último ano e dezasseis filmes de escola darão um olhar transversal e transgeracional para o cinema que se faz, actualmente, no país. Nas sessões não competitivas haverá ainda espaço para a antestreia dos primeiros episódios da série de Marco Leão e André Santos, Luz Vermelha; a estreia de Mutantes S. 21- 25 anos depois, documentário sobre os históricos Mão Morta, assim como sessões especiais com cinema de Manoel de Oliveira e João César Monteiro.

Secção maior do festival, a Competição Nacional do Curtas resume a singularidade de uma nova geração de realizadores portugueses, dos nomes que têm sido reconhecidos nos festivais internacionais, Gabriel Abrantes, Diogo Costa Amarante, Diogo Baldaia ou Sofia Bost, até aos novos valores cujos filmes antecipam um futuro que queremos acompanhar, Maureen Fazendeiro ,Alex Siqueira e Laura Carreira. E porque o festival se faz também de continuidade, regressam a Vila do Conde este ano: Mariana Gaivão, André Marques, Paulo Furtado e Pedro Neves. A selecção para a Competição Nacional completa-se com os mais recentes trabalhos de Rui Esperança, Vasco Saltão, Miguel Afonso, Francisco Valente e Márcio Laranjeira & Sérgio Brás d’Almeida. Estas sessões vão ser seguidas de uma conversa com os realizadores.

E porque olhar o agora do cinema nacional é também perceber em retrospectiva, passam pelo Curtas uma selecção de filmes que, pela história, prémios ou percurso internacional se destacaram na produção recente do país. Em Julho, vai ser possível ver, em Vila do Conde, as obras mais recentes de Susana de Sousa Dias (Fordlândia Malaise, estreado na Berlinale), Jorge Jácome (Past Perfect, estreado na Berlinale e premiado no IndieLisboa e no Festival de Curtas Metragens de Hamburgo), Catarina Mourão (O mar Enrola na Areia, selecionado para o Visions du Réel, É tudo verdade e Oberhausen), Sílvia das Fadas (A Casa, a Verdadeira e a Seguinte, Ainda Está por Fazer, premiado no IndieLisboa) e Helena Estrela (Bela Mandil, selecionado para a Viennale).

O cinema português vai marcar ainda as sessões especiais e diferentes segmentos programáticos do festival. Já anunciados estavam o foco na obra de Carlos Conceição, as sessões especiais dedicadas ao 50º aniversário da morte de José Régio e o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen. A marcar o primeiro fim-de-semana do Curtas, a estreia do documentário que assinala o quarto de século de Mutantes S. 21- 25 anos depois, um dos mais emblemáticos discos dos Mão Morta. A sessão será acompanhada por uma conversa com a banda moderada por Valter Hugo Mãe. Na secção Da Curta à Longa, antestreia dos dois primeiros episódios da primeira série da dupla Marco Leão e André Santos, Luz Vermelha, inspirada na história das Mães de Bragança e com interpretações, entre outros, de Margarida Vila-Nova, Afonso Pimentel, Joaquim Monchique e Sara Norte.

A selecção nacional do Curtas inclui ainda um espaço dedicado ao cinema de escola, Take One!, com uma selecção heterogénea de obras produzidas por alunos portugueses em escolas nacionais e estrangeiras; uma carta branca a João Nicolau inserida nas celebração do seu 20º aniversário da Agência da Curta Metragem; e um espaço dedicado a vídeos de música que demonstram particular relação com a linguagem cinematográfica. Nesta edição, entre outros, concorrem os vídeos musicais de Bruno Ferreira (para Everybody, de Sinkane), de Pedro Maia (para Paplu (Love That Moves The Sun), de Vessel), do trio André Carrilho + Rui Clara Gomes + Mantraste(para Balança, de Throes + The Shine), de Diogo Tudela (para Swisid Mekanize Rejiman, de HHY & The Macumbas) e de Leonor Teles (para Chavitas, dos Sensible Soccers).

Integrará ainda a 27ª Edição do Curtas, uma competição internacional com obras vindas de diferentes hemisférios, uma competição experimental e uma secção infanto-juvenil com cinema e oficinas pensadas para crianças, jovens e famílias. Em foco estarão também as obras de Todd Solondz e Carlos Conceição, assim como o cinema restaurado, naquela que é a nova secção de Cinema Revisitado. Em Vila do Conde será ainda possível ver os filmes-concerto de Thurston Moore, The Heliocentrics e Montanhas Azuis.

A programação completa de sessões, festas e actividades paralelas da 27ª Edição do Curtas pode ser consultada no site do evento em www.curtas.pt.

spot video curtas 2019

"A força da terra expressa-se a norte num lugar onde as erupções se aliam à energia do vento para moldar uma extensa e variada topografia."Spot video da 27.ª edição do Curtas by LOOP.

Publicado por Curtas Vila do Conde – International Film Festival em Quarta-feira, 19 de junho de 2019

A VEZ DE TIAGO BETTENCOURT NOS GRANDES CONCERTOS DO CASINO

Com entrada livre, às 23:00 de Quinta-feira, dia 27 de Junho, chega a vez de Tiago Bettencourt atuar nos Grandes Concertos do Casino Estoril 2019.  Autor de várias composições de referência da nova música portuguesa, foi há mais de dez anos que embarcou naquela que seria a sua primeira aventura em estúdio, com os Toranja, marcando para sempre o panorama musical português.

A riqueza da simplicidade dos seus poemas e melodias depressa captou a atenção do público com os álbuns “Esquissos” e “Segundo”. Temas inesquecíveis como “Carta” e “Laços” são indissociáveis da sua voz marcante.

Já em 2006 os Toranja anunciam uma pausa prolongada. É então que Tiago Bettencourt parte para o Canadá e tendo como banda de apoio os Mantha, grava o álbum “Jardim”, editado em 2007 com o grande êxito “Canção Simples”.

Em 2010, é editado “Em fuga” com o single “Só mais uma volta”. A mesma edição exclusiva CD DVD contém imagens inéditas de estúdio durante a gravação de «Em Fuga», juntamente com uma filmagem de músicas do primeiro álbum a solo do músico.

No final do ano de 2011 é editado “Tiago na Toca e os Poetas”. Neste álbum, que surge acompanhado de um livro, Tiago o músico canta poemas de autores portugueses como Florbela Espanca e José Carlos Ary dos Santos, na companhia de amigos, entre eles, Carminho, Camané, Fernando Tordo, entre outros.

A 26 de Novembro de 2012 chega às lojas “Acústico”. O regresso aos discos é também uma imensa celebração: reunido de convidados (Lura e Jorge Palma) e munido dos melhores momentos de uma carreira exemplar, «Acústico» assinala um percurso de uma década de muitas experiências e sucesso, que não só revelou uma das maiores vozes nacionais como trouxe um dos grandes autores da sua geração.

Em 2014, Tiago Bettencourt apresenta o novo disco “Do Princípio”, contando com três colaborações de luxo (Jacques Morelenbaum, Mário Laginha e Fred Pinto Ferreira) além dos seus músicos habituais. Neste disco Tiago renova-se apresentando, entre outros, os surpreendentes “Aquilo que eu não fiz”, “Morena” e “Maria”, que podem ser ouvidos nas principais rádios nacionais.

2015 é um ano dedicado à apresentação ao vivo do mais recente álbum. Concertos onde não faltarão todos os grandes sucessos da sua carreira.

TiagoBettencourt201920anos

Conheça o cartaz dos Grande Concertos do Casino Estoril 2019:

Paulo Gonzo – 20 de Junho
Tiago Bettencourt – 27 de Junho
David Fonseca – 4 de Julho
HMB – 11 de Julho
Pedro Abrunhosa – 18 de Julho
Capitão Fausto – 25 de Julho
Miguel Araújo – 1 de Agosto
Mariza – 8 de Agosto

Entrada Livre

**************************************

Para mais informações e reservas de mesas:
214 667 815 (Todos os dias das 15H00 às 03H00)
933 106 760
loungedcasinoestoril@grupoflow.pt
Uma vez que podem esgotar, aconselha-se que a reserva das mesas seja feita atempadamente.

FESTAS DO MAR 2019 EM CASCAIS COM UM DOS MELHORES CARTAZES DE SEMPRE

As Festas do Mar 2019 em Cascais, o único Festival de Verão gratuito em Portugal regressa ao palco mais perto do Atlântico. A Baía de Cascais recebe este ano um dos melhores cartazes de sempre, com nomes como Virgul, Jorge Palma & Sérgio Godinho, Anselmo Ralph, Paulo Gonzo, Ana Moura, Ana Vitória, Fernando Daniel, Amor Electro ou ainda os The Gift. O festival encerra com o reencontro dos Delfins após 10 anos de separação.
As Festas do Mar 2019 decorrem de 19 a 25 de Agosto, têm este ano um programa eclético que vai do pop rock ao fado, da música sinfónica à soul music.

A abertura está a cargo de Virgul e, a partir daqui, as noites vão ser longas com o duo Jorge Palma & Sérgio Godinho, o ritmo de Anselmo Ralph, as baladas de Fernando Daniel que convida os ÁTOA, o pop brasileiro do duo AnaVitória, enquanto os The Gift irão pôr “a baía a cantar”.

O fado já faz parte do ADN das Festas e chega pela voz de Ana Moura.

Para a última noite foi reservado um concerto especial: após 10 anos de separação, os Delfins reencontram-se propositadamente para as Festas do Mar. O concerto tem duas partes, sendo a primeira assegurada por vários músicos convidados (Ana Bacalhau, Héber Marques, Joana Espadinha, João Pedro Pais, Maria Leon, Miguel Gameiro, Olavo Bilac e Tim) que, acompanhados pela Sinfónica de Cascais, dirigida pelo maestro Nicolay Lalov, irão interpretar os grandes temas dos Delfins.

Na segunda parte serão os próprios Delfins que, também acompanhados pela Sinfónica de Cascais, irão tornar esta noite memorável. O fogo-de-artifício na Baía fecha as Festas do Mar.

Como sempre, a tradicional Procissão da Nossa Senhora dos Navegantes realiza-se às 15h00 de dia 18 (domingo).

Saliente-se que todos os concertos das Festas serão transmitidos em direto pela RFM, a rádio oficial deste evento promovido pela Câmara Municipal de Cascais.

PROGRAMA ( 16 a 25 de Agosto – início dos concertos às 20h30)

16 Flak | VIRGUL

17 Atchim – Concerto Infantil (18h30) | JUNTOS JORGE PALMA & SÉRGIO GODINHO

18 Procissão da Nossa Senhora dos Navegantes (15h00) | ANSELMO RALPH

19 Gonçalo Bilé | FERNANDO DANIEL convida ÁTOA

20 Enoque | PAULO GONZO

21 Fado à Janela (19h40) | Silvana Peres | ANA MOURA

22 Look a Like | ANAVITÓRIA

23 Sô Gonzalo | AMOR ELETRO

24 Canções da Maria | Mur Mur – Concerto Infantil (18h30) | THE GIFT

25 Boémia | SINFÓNICA DE CASCAIS convida DELFINS.

Artistas convidados: Ana Bacalhau, Héber Marques, Joana Espadinha, João Pedro Pais, Maria Leon, Miguel Gameiro, Olavo Bilac e Tim

Fogo de Artifício

Nenhuma descrição de foto disponível.

Criar Conta de Utilizador