TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

ARTES JAPONESAS DÃO AS BOAS-VINDAS À PRIMAVERA NO MUSEU DO ORIENTE

As Artes Japonesas vão estar em destaque no Museu do Oriente numa altura em que a nova estação do ano, a Primavera se aproxima. Workshops sobre artes de arranjos florais e decoração, quer seja na reorganização do espaço como na criação de peças originais, são os temas em que se pode inscrever.

“Ikebana com Kenzan” é o workshop que se realiza no dia 3 de Março, terça-feira, dedicado à arte do arranjo floral. Na sua origem, o ikebana era uma espécie de ritual de oferenda, feito nos templos budistas do Japão durante o século VI. Em contraste com as tradições ocidentais, o arranjo floral japonês cria uma harmonia de construção entre linhas, ritmo e cor, em que a simplicidade é valorizada, bem como a existência de vazio, ou espaço não preenchido. Este workshop foca-se na variante kenzan, uma base metálica com picos verticais que ajuda à fixação dos elementos naturais como flores, ramos e plantas.

As Artes Japonesas vão estar em destaque no Museu do Oriente numa altura em que a nova estação do ano, a Primavera se aproxima. Workshops sobre artes de arranjos florais e decoração, quer seja na reorganização do espaço como na criação de peças originais, são os temas em que se pode inscrever.
Workshop de Bonsai – Fotografia de Gonçalo Barriga ©

Ainda na senda dos elementos naturais, realiza-se no último sábado do mês, dia 28, um workshop de Bonsai, cujo objectivo é ensinar a tratar correctamente desta planta. Serão abordados os ‘mitos’ do bonsai, no sentido de desfazer a ideia de que se trata de uma árvore sensível ou que necessita de cuidados especiais. A história do bonsai, os seus estilos e características, como fazer um bonsai, técnicas de manutenção, adubação e composição, tipos e misturas de solo, doenças e pragas, são os temas que integram a sessão, destas Artes Japonesas.

Época de renascimento e mudança, a Primavera é a altura ideal para iniciar ou aprofundar os conhecimentos de Feng Shui, nos workshops que o Museu do Oriente organiza ao longo do mês de Março. Nos dias 4, 11 e 18, faz-se uma introdução a esta filosofia, à sua história, origem e teorias básicas, contemplando também procedimentos de aplicação prática. Quem quiser saber mais, pode ainda frequentar o workshop Feng Shui Nível II (25 de Março, 1 e 8 de Abril) ou focar-se na vertente Feng Shui – Escola Clássica Xuan Kong Da Gua (20 de Março), que compreende o significado das nove estrelas do Feng Shui, bem como a sua utilização em várias direcções.

No mês de Março celebra-se, no Japão, o Festival Hina Matsuri (Festival das Bonecas), com desejos de prosperidade, felicidade, saúde e sorte para as meninas. Um dos bonitos modos de o fazer é bordando Bolas-de-mão (Temari) que, muitas vezes, as próprias mães oferecem às filhas. Com uma história ancestral, estas bolas de mão japonesas começaram por ser criadas com um propósito muito especial, brincadeiras de crianças, mas ao longo dos tempos assumiram outros fins e significados. Na verdade, as Temari são, ainda hoje, uma oferta de considerável importância no Japão, prova de grande amizade ou de amor maternal. Actualmente, os seus coloridos e criativos padrões, despertam tanto interesse no Oriente como no Ocidente e, no workshop de dia 7 de Março (sábado), propõe-se uma reflexão sobre a sua evolução e o desafio de tentar a sua criação.

As Artes Japonesas vão estar em destaque no Museu do Oriente numa altura em que a nova estação do ano, a Primavera se aproxima. Workshops sobre artes de arranjos florais e decoração, quer seja na reorganização do espaço como na criação de peças originais, são os temas em que se pode inscrever.
Bolas de mão japonesas – Temari

ARTES JAPONESAS

Ikebana com Kenzan

3 de Março, terça-feira

Horário: 14.00-16.00

Preço: 65 € (inclui jarra e kenzan)

Participantes: máx. 10

Workshop de Bonsai

28 de Março, sábado

Horário: 10.00-18.00

Preço: 60 € (inclui um bonsai)

Participantes: mín. 8, máx. 20

Feng Shui Iniciação

4, 11 e 18 de Março, quartas-feiras

Horário: 15.00-18.00

Preço: 45 €

Participantes: mín. 8

Feng Shui Nível II

25 de Março, 1 e 8 de Abril, quartas-feiras

Horário: 15.00-18.00

Preço: 45 €

Público-alvo: participantes que tenham frequentado o workshop de iniciação

Feng Shui – Escola Clássica Xuan Kong Da Gua

20 de Março, sexta-feira

Horário: 10.00-13.00

Preço: 30 €

Temari – Bolas de mão com desejos do coração!

7 de Março, sábado

Horário: 14.00-18.00

Preço: 45 € (materiais incluídos)

Público-alvo: M/16 anos

Participantes: mín. 5, máx. 10

Fotografia de Gonçalo Barriga ©

CENTRAL DE CERVEJAS PROMOVE WORKSHOP GRATUITO NO EL CORTE INGLÉS

Depois do enorme sucesso da 1ª edição, a Central de Cervejas vai promover um novo Workshop de Cerveja, uma iniciativa realizada em parceria com o El Corte Inglés, que pretende dar a oportunidade aos mais curiosos de conhecer mais sobre a cultura cervejeira.

É já no próximo dia 5 de março, às 18h30 na sala de Âmbito Cultural no piso 6 El Corte Inglés, que Filipa Santos, Beer Sommelier, e Teresa Sampaio, Mestre Cervejeira, convidam para uma viagem pelo mundo da cerveja, dando a conhecer curiosidades sobre a história desta bebida, os seus ingredientes, diferentes estilos e processo de produção.

Sagres, Heineken, Radler, Bohemia, Guinness, as cervejas artesanais Lagunitas e Trindade, e as mais recentes inovações com 0.0% de álcool – Sagres 0.0, Heineken 0.0 e Radler 0.0, já têm, entre outras, lugar marcado nesta tarde que vai permitir aprimorar os conhecimentos sobre Cerveja.

Recorde-se que a cerveja é uma das bebidas mais consumidas e apreciadas em todo o mundo. Existem mais de 140 estilos de cerveja o que se traduz num vasto mundo de opções e perfis sensoriais. Neste workshop os participantes terão oportunidade de provar cervejas, produzidas ou distribuídas pela Central de Cervejas e de pôr à prova os seus sentidos!

A entrada é gratuita, mas apenas para maiores de 18 anos, e as inscrições estão disponíveis através do email relacoespublicas@elcorteingles.pt.

Depois do enorme sucesso da 1ª edição, a Central de Cervejas acaba de promover um novo Workshop de Cerveja, uma iniciativa realizada em parceria com o El Corte Inglés, que pretende dar a oportunidade aos mais curiosos de conhecer mais sobre a cultura cervejeira.
FILIPA SANTOS E TERESA SAMPAIO

MORNING TREATS DO TAPAS & TILES NO LISBON MARRIOTT HOTEL

Diga bom dia com Morning Treats do Tapas & Tiles no Lisbon Marriott Hotel! É verdade, que depois de uma noite bem dormida numa cama confortável e de um duche revigorante, o pequeno-almoço é a refeição fundamental para repôr as energias.

Na sua permanente inovação, e para quem não tem tempo, nem grande apetite, o Chef António Alexandre criou um menu leve a pensar na primeira refeição do dia, e que é servido entre as 9 e as 12 horas, no Bar Tapas & Tiles do Lisbon Marriott Hotel.

Morning Treats é composto por Smoothie e um dos itens , ex. salmão fumado sobre bagel, ovos em frigideira com farinheira, queijo chevre sobre tosta, ovos escalfados com abacate, taça de açai no valor de 9€ por pessoa.

Uma excelente maneira de começar o dia, com uma refeição saudável no Lisbon Marriott Hotel.

Diga bom dia com Morning Treats do Tapas & Tiles do Lisbon Marriott Hotel! É verdade, que depois de uma noite bem dormida numa cama confortável e de um duche revigorante, o pequeno-almoço é a refeição fundamental para repôr as energias.
               Lisbon Marriott Hotel Avenida dos Combatentes, 45, 1600-042 Lisboa

CERVEJA SAGRES BRINDA A MAIS UMA EDIÇÃO DOS PLAY – PRÉMIOS DA MÚSICA PORTUGUESA

Depois do sucesso da primeira edição, a Cerveja Sagres já tem lugar marcado na 2ª edição dos “PLAY – Prémios da Música Portuguesa”, um espetáculo único de homenagem à música portuguesa, que premeia e reconhece o talento dos artistas e dos produtores portugueses.

Brindando com todos ao melhor da música portuguesa e partilhando emoções fortes junto dos jovens adultos, a Cerveja Sagres volta a reforçar e a apoiar os maiores sucessos da música, com especial foco na música produzida em Portugal e nos países de expressão portuguesa e prepara-se para um novo espetáculo.

É já no dia 25 de março que os “PLAY – Prémios da Música Portuguesa” serão entregues em Lisboa, no Coliseu dos Recreios, com transmissão em direto pela RTP1, RTP Internacional, RTP África e RTP PLAY, no que será um grande espetáculo de homenagem e celebração da música portuguesa.

Mas há mais novidades. Durante esta noite, vão ser premiados 13 artistas, dos 44 nomeados, bem como vão poder assistir a 9 actuações musicais ao vivo.

As categorias deste ano são: Melhor Grupo; Melhor Artista Feminino; Melhor Artista Masculino; Vodafone Canção do Ano; Melhor Álbum; Melhor Videoclipe; Melhor Álbum Clássica/Erudita; Melhor Álbum Jazz; Melhor Álbum Fado; Artista Revelação; Prémio Lusofonia; Prémio Crítica; Prémio Carreira. Já, as apresentações ficam a cargo da dupla imbatível Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves.

Com esta associação, a Sagres reforça a sua proximidade e ligação emocional ao território da música e a todos os seus fãs, salientando os valores de portugalidade presentes no seu ADN, e proporcionando novos momentos de convívio e partilha com a cerveja dos portugueses.

JNcQUOI ASIA APRESENTA YUM CHA O BRUNCH DE TRADIÇÃO CANTONESA

Sempre a surpreender, o JNcQUOI ASIA, restaurante de inspiração asiática na Avenida da Liberdade promove, a partir de agora, aos sábados e aos domingos, o YUM CHA, a tradição cantonesa do conceito de brunch.

O YUM CHA presta homenagem à tradição chinesa, onde família, amigos ou colegas de trabalho se reúnem para tomar chá e dim sum. No YUM CHA, a atmosfera é tão importante quanto a comida, e o JNcQUOI ASIA reúne sem dúvida estes atributos.

Com as melhores propostas gastronómicas orientais, e mais extravagantes da cidade de Lisboa, é possível assim ao fim de semana, neste restaurante da Avenida da Liberdade em Lisboa, almoçar tranquilamente, esta proposta gastronómica cantonesa, originária da província chinesa de Guangdong.

O Brunch é servido, entre as 12 e as 17 horas, e o JNcQUOI ASIA irá servir uma grande variedade de dim sums acompanhada por chá chinês. Xiao Long Bao (dim sum de porco e sopa), Beef Taro Puff (dumpling de vaca e taro) ou Dumpling de Camarão com Molho de Soja Superior são apenas algumas das sugestões que compõem o menu.

O YUM CHA está disponível por 40€ por pessoa e é a proposta ideal para uma refeição tardia e autêntica ao fim de semana, podendo as reservas ser realizadas através de e-mail (bookatable@jncquoiasia.com) ou telefone (+351 210 513 000).

Sempre a surpreender, o JNcQUOI ASIA, restaurante de inspiração asiática na Avenida da Liberdade promove, a partir de agora, aos sábados e aos domingos, o YUM CHA, a tradição cantonesa do conceito de brunch.

JNcQUOI ASIA APRESENTA YUM CHA O BRUNCH DE TRADIÇÃO CANTONESA
Avenida da Liberdade 144, 1250-146 Lisboa

LISBON MARRIOTT HOTEL É PET FRIENDLY

O Lisbon Marriott Hotel é Pet Friendly! Se gosta de levar o seu animal de estimação para todo o lado, neste excelente hotel, o seu amigo de quatro patas é bem-vindo.

O acesso aos quartos é permitido aos animais, até 25kg de peso  (os cães guias, independentemente do peso e do tamanho), tendo um acréscimo no valor da tarifa de alojamento de 20€ por animal e noite (o máximo são 2 animais por quarto).

Para uma boa convivência, é preciso porém, estar atento a algumas informações: a circulação dos pets é apenas permitida nos corredores, lobby e estacionamento .

No início de Fevereiro, os animais de estimação podem acompanhar os donos ao Restaurante CITRUS e ao Bar Tapas & Tiles do hotel, mas terão de estar presos com trela curta e não podem circular livremente estando vedada a sua presença na zona de serviços e onde existam alimentos.

Reservas através: 21 723 45 50

O Lisbon Marriott Hotel é Pet Friendly! Se gosta de levar o seu animal de estimação para todo o lado, neste excelente hotel, o seu amigo de quatro patas é bem-vindo.
O Lisbon Marriott Hotel é Pet Friendly!

JNcQUOI ASIA PROMOVE ‘THAI POP UP WEEK’ DE 4 A 10 DE FEVEREIRO

O JNcQUOI ASIA, espaço que celebra os sabores orientais de inspiração portuguesa, recebe de 4 a 10 de fevereiro a “Thai Pop Up Week”, uma viagem pela melhor gastronomia tailandesa pela mão do conceituado chef David Thompson, uma autoridade da gastronomia tailandesa.

JNcQUOI ASIA PROMOVE ‘THAI POP UP WEEK’ DE 4 A 10 DE FEVEREIRO

A “Thai Pop Up Week” dará a oportunidade de degustar pratos exclusivos concebidos pelo chef de renome internacional, disponíveis ao almoço e jantar, entre os quais se destacam Espetadas de peixe com açafrão e citronela, Caril amarelo ácido de peixe com lótus ou Carne de vaca salteada com manjericão thai e ovo estrelado, entre outros. A sobremesa especial para a “Thai Pop Up Week”, assinada pelo chef David Thompson, será Arroz glutinoso doce com manga.

O chef David Thompson é australiano, viveu mais de 30 anos na Tailândia, e é considerado um verdadeiro embaixador da cozinha tailandesa. O seu restaurante Nahm, em Bangkok, chegou a ocupar o primeiro lugar na lista dos “Asia’s 50 Best Restaurants”, a edição regional dos “The World’s 50 Best Restaurants Awards”, em 2014.

As reservas para a Thai Pop Up Week, no JNcQUOI ASIA, disponíveis para o almoço e jantar, podem ser realizadas através de e-mail (bookatable@jncquoiasia.com) ou telefone (+351 210 513 000).

JNcQUOI ASIA PROMOVE ‘THAI POP UP WEEK’ DE 4 A 10 DE FEVEREIRO

 

FESTIVAL DOS QUARTETOS DE CORDAS DE REGRESSO À GULBENKIAN

O Festival dos Quartetos de Cordas, realizado em colaboração com a Bienal dos Quartetos de Cordas da Philharmonie de Paris, está de regresso à Fundação Gulbenkian nos próximos dias 25 e 26 de janeiro. Seis dos melhores agrupamentos de câmara da atualidade apresentam a integral dos Quartetos para Cordas de Ludwig van Beethoven. O compositor alemão estará em destaque numa programação especial da Gulbenkian Música em 2020, ano em que se comemora o 250.º aniversário do seu nascimento. O génio criativo de Beethoven será devidamente evocado por músicos de excecional talento, num momento único da Temporada para o qual foi criado um passe especial para a totalidade dos concertos. O público poderá assistir aos seis concertos, pagando apenas metade do preço.

O programa inclui seis agrupamentos oriundos de vários pontos do globo constituídos por jovens intérpretes de grande talento, que já alcançaram o reconhecimento internacional com alguns dos prémios mais importantes de música de câmara e também com a presença nas mais prestigiadas salas do mundo.

Uma obra imensa que revela uma conjugação de sentimentos e predisposições que tanto podem envolver a angústia como a interrogação; a hesitação ou então a surpreendente alegria e exuberância.

Mettis Quartet

O Festival dos Quartetos de Cordas, realizado em colaboração com a Bienal dos Quartetos de Cordas da Philharmonie de Paris, está de regresso à Fundação Gulbenkian nos próximos dias 25 e 26 de janeiro.
Mettis Quartet

A abrir o festival chegará da Lituânia o Mettis Quartet, formação enérgica e apaixonada que cativa o público com o seu virtuosismo; em 2016, conquistaram o prémio para melhor performance no Festival Internacional de Quartetos de Cordas de Bordéus.

Castalian String Quartet 

O Festival dos Quartetos de Cordas, realizado em colaboração com a Bienal dos Quartetos de Cordas da Philharmonie de Paris, está de regresso à Fundação Gulbenkian nos próximos dias 25 e 26 de janeiro.
Castalian String Quartet

Agrupamento com cada vez mais protagonismo internacional, em boa parte devido aos vários prémios já arrecadados, como é o caso do prestigiado Merito String Quartet Award entregue em Viena em abril de 2018.

Schumann Quartett 

O Festival dos Quartetos de Cordas, realizado em colaboração com a Bienal dos Quartetos de Cordas da Philharmonie de Paris, está de regresso à Fundação Gulbenkian nos próximos dias 25 e 26 de janeiro.
Schumann Quartett

Conhecido pela sua extraordinária técnica e capacidade de surpreender o público, o Schumann Quartett é constituído pelos irmãos Mark, Erik and Ken Schumann, que tocam juntos desde a infância, e pela violista estónia Liisa Randalu.

Quatuor Van Kuijk

FESTIVAL DOS QUARTETOS DE CORDAS DE REGRESSO À GULBENKIAN
Quatuor Van Kuijk

O segundo dia do Festival começa com o quarteto Quatuor Van Kuijk, quatro talentosos jovens franceses sobre os quais o jornal inglês The Guardian disse recentemente que “o seu estilo, energia e sentido de risco fazem a música sorrir”.

Novus String Quartet

FESTIVAL DOS QUARTETOS DE CORDAS DE REGRESSO À GULBENKIAN
Novus String Quartet

Segue-se o Novus String Quartet, quatro extraordinários músicos oriundos da Coreia do Sul que já venceram vários prémios dedicados a quartetos de cordas, entre os quais o primeiro prémio Mozart em Salzburgo.

Meccore String Quartet 

FESTIVAL DOS QUARTETOS DE CORDAS DE REGRESSO À GULBENKIAN
Meccore String Quartet 

A encerrar o festival será a vez do Meccore String Quartet – considerado por alguma crítica o melhor agrupamento polaco de música de câmara de sempre – subir ao palco para interpretar mais peças da integral dos Quartetos para Cordas de Beethoven, entre as quais a célebre “Grande Fuga”.

Criar Conta de Utilizador