TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

Serralves em Festa – 50 horas de espetáculos ininterruptos

As 50 horas ininterruptas do Serralves em Festa, no Porto, arrancam esta sexta-feira, dia 2 de junho às 18h00 com concertos de Oren Ambarchi e Will Guthrie no palco Ténis, às 20h00, e com Lula Pena a atuar no palco Prado, às 22h00.

A primeira noite deste grande evento, cuja entrada é gratuita e que já vai na 14ª edição, o concerto às 20h00 do multi-instrumentista Oren Ambarchi com o baterista e percussionista Will Guthrie  será uma “viagem eletrizante, onde se cruzam o free jazz eletrónico, longos movimentos rock, minimalismo propulsivo, a experimentação e a improvisação” de acordo com o que a organização promete. Logo a seguir às 22h00 os visitantes de Serralves podem também apreciar, a subida ao palco da cantora, guitarrista, compositora e intérprete portuguesa Lula Pena, que em janeiro passado lançou o disco “Archivo Pittoresco”.

Lula Pena vai partilhar o palco do Prado, com lotação para 400 pessoas, com Hayden Chisholm, saxofonista e multi-instrumentista neozelandês, e Angélica Salvi, harpista espanhola sediada no Porto, e que será uma estreia nacional, de acordo com informação prestada pela Fundação Serralves.

Depois do concerto de Lula Pena, pelas 23h00, no Prado, os Sensible Soccers apresentam o seu trabalho mais recente, “Villa Soledade”, com a artista visual Laetitia Morais.

O Serralves em Festa, de acordo com a organização é “o maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa”, tem também programado para esta sexta-feira, pelas 21h30, a conferência “Os Caminhos da Ásia”, com o Prémio Nobel da Paz José Ramos-Horta no Auditório de Serralves, pelas 21h30.

No sábado, às 00h30, no Prado atua o artista espanhol Niño de Elche, influenciado pelo flamenco mas também por géneros musicais que vão do ‘krautrock’ à música ambiental, todos misturados na ‘new wave’.

Igualmente no sábado, a organização destaca o evento “Escola do Rock — Paredes de Coura”, uma parceria com o Space Ensemble que acontece pelas 11h30, no Prado de Serralves.

A iniciativa revisita alguns dos clássicos do rock e temas que marcaram o festival Paredes de Coura, que celebra este ano 25 anos e decorre entre 16 a 18 de agosto.

Por seu lado, “Horizon”, da francesa Chloé Moglia, é uma peça de suspensão no âmbito do circo contemporâneo e acrobacia e vai ser apresentada nos três dias do Serralves em Festa, sempre no Parterre central.

O compositor norte-americano Terry Riley atua no último dia de Serralves em Festa, domingo, pelas 20h00, na Clareira das Bétulas, acompanhado pelo filho.

Em 2017, o Serralves em Festa adota o tema Quebrar Muros, tendo estabelecido parcerias com as câmaras municipais de Coimbra, Faro, Guarda, Guimarães, Matosinhos, Ponta Delgada, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Torres Vedras e Viana do Castelo. As exposições da Coleção de Serralves, de Gordon Matta Clark e de Julie Mehretu (no Museu) e de Joan Miró (na Casa de Serralves) estarão abertas em contínuo para receber todos os visitantes gratuitamente, sendo os últimos dias da mostra “Joan Miró: Materialidade e metamorfose”.

O Serralves em Festa, classificado pela organização como "o maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa", tem também programado para esta sexta-feira, pelas 21h30, a conferência "Os Caminhos da Ásia", com o Prémio Nobel da Paz José Ramos-Horta a intervir no Auditório de Serralves, pelas 21h30.   Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/serralves-em-festa-com-50-horas-ininterruptas-de-espetaculos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador