TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

FESTIVAL CANTABILE REGRESSA HOJE PARA TRÊS CONCERTOS

Regressa hoje o Festival Cantabile com um concerto às 21:00 no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, amanhã pelas 21:30 na Sala dos Cisnes do Palácio Nacional de Sintra, e no sábado às 21:00 no Museu do Dinheiro em Lisboa. Na sua 8.ª edição, o festival, que já faz parte da agenda de muitos lisboetas na rentrée cultural, passa assim por locais tão emblemáticos como a Fundação Calouste Gulbenkian, o Palácio Nacional de Sintra e o Museu do Dinheiro. Dedicado inteiramente à música de câmara, conta também com apresentações verdadeiramente únicas e especiais de música de câmara com orquestra.
 
Organizado pelo Goethe-Institut Portugal, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, conta com a habitual direção artística da sua fundadora, a aclamada violetista Diemut Poppen, e com os solistas Hansjörg Schellenberger (oboé e direção), Maria-Elisabeth Lott (violino) e Sebastian Klinger (violoncelo), acompanhados do Coro e Orquestra Gulbenkian, dirigidos pelo Maestro José Eduardo Gomes.
 
Diemut Poppen a diretora artística e fundadora do Festival Cantabile
 
Na programação deste ano, destaca-se uma das mais reconhecidas obras de Johann Sebastian Bach, Variações Goldberg, BWV 988, numa versão para trio de cordas raramente tocada, transcrita pelo famoso violinista Dmitry Sitkovetsky em 1982. Há também um foco em grandes obras de música de câmara, como a Serenata n.º10, em Si bemol maior, K. 361, Gran Partita de Wolfgang Amadeus Mozart e o Sexteto para cordas op. 4 “Noite Transfigurada” de Arnold Schönberg, que serão tocadas no último dia do festival, no Museu do Dinheiro.

O programa apresenta ainda Concerto para Oboé e Violino em Dó menor, BWV 1060 de Johann Sebastian Bach, “Styx” Concerto para Viola, Coro e Orquestra de Giya Kancheli e Concerto para Violino, Violoncelo e Orquestra em Lá menor, op. 102de Johannes Brahms.

PROGRAMA:
Quinta-feira, 14 de setembro de 2017, 21h00
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN, Grande Auditório
Coro Gulbenkian
Orquestra Gulbenkian
José Eduardo Gomes (Maestro)
Hansjörg Schellenberger (Oboé)
Diemut Poppen (Viola)
Maria Elisabeth Lott (Violino)
Sebastian Klinger (Violoncelo)
Johann Sebastian Bach
Concerto para Oboé e Violino, em Dó menor, BWV 1060
Giya Kancheli
Styx, para viola, coro e orquestra
Johannes Brahms
Concerto para Violino, Violoncelo e Orquestra, em Lá menor, op. 102

O Palácio Nacional de Sintra – Fotografia de Angelo Hornak

Sexta-feira, 15 de setembro de 2017, 21h30
PALÁCIO NACIONAL DE SINTRA, Sala dos Cisnes
Solistas do Festival Cantabile
Diemut Poppen (Viola e Direção Artística)
Maria Elisabeth-Lott (Violino)
Sebastian Klinger (Violoncelo)
Johann Sebastian Bach
Variações Goldberg, BWV 988, versão para trio de cordas

Sábado, 16 de setembro de 2017, 21h00
MUSEU DO DINHEIRO – Banco de Portugal
Solistas do Festival Cantabile
Hansjörg Schellenberger (Direção)
Diemut Poppen (Viola)
Maria-Elisabeth Lott (Violino)
Sebastian Klinger (Violoncelo)
Solistas da Orquestra Gulbenkian
Pedro Ribeiro e Nelson Alves (Oboés)
Esther Georgie e José Mosqueda (Clarinetes)
Iva Barbosa e Bruno Graça (Cors de basset)
Ricardo Ramos e Vera Dias (Fagotes)
Gabriele Amarù, Eric Murphy, Kenneth Best e Darcy Edmundson-Andrade (Trompas)
Jordi Rodriguez (Violino)
Lu Zheng (Viola)
Varoujan Bartikian (Violoncelo)
Pedro Vares de Azevedo (Contrabaixo)
Wolfgang Amadeus Mozart
Serenata n.º 10, em Si bemol maior, K. 361, “Gran Partita”
Arnold Schönberg
Noite transfigurada, op. 4

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador