TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS
Com um assinalável êxito registado em anteriores edições

Noites de Flamenco regressam hoje ao Casino Estoril

Com um assinalável êxito registado em anteriores edições, o “Festival Flamenco Casino Estoril” regressa hoje dia 7 de Setembro, ao Lounge D. Trata-se de um ciclo de espectáculos que será protagonizado por exímios intérpretes desta arte. Com entrada livre, às Quintas-Feiras, a partir das 22 horas.

Ursula Lopez será a protagonista da Grande Gala de Abertura do renovado ciclo de “Festival Flamenco Casino Estoril”. Em noite de Baile, Ursula Lopez sobe ao palco do Lounge D para assegurar um genuíno espectáculo de Flamenco. A não perder, na próxima Quinta-Feira 7 de Setembro.

Graduada em dança contemporânea e clássica, Ursula Lopez iniciou-se no flamenco pela mão de Manolo Marin e, mais tarde, por Carlos  Saura na Opera “Carmen”. Entre os seus espectáculos dintingue-se “Bodas de Sangre” com António Gades. Entrou, em 2004, no Ballet Nacional de Espanha e participou em diversos espectáculos com a sua própria Companhia a “Flamenco Danza Estudio de Sevilla”.

O maestro Jose Luis Ortiz Nuevo sublinha que Ursula Lopez: “É o culto à beleza simples do natural com artifício de lamento. É uma excursão às praias da memória. Flamenco de cristal transparente que mostra brilhos nas esquinas da tristeza ou da alegria. É aprender e paixão. É ternura”.

O ciclo flamenco prossegue, a 14 de Setembro, com a inédita actuação de El Mawi no Lounge D. Em noite de “Tablao Flamenco”, o bailarino e cantor espanhol assegura um original espectáculo de flamenco.

El Mawi nasceu em Cádiz, tendo começado, muito jovem, cantar e a bailar flamenco nos teatros e festivais mais importantes da cidade. Estudou dança clássica, contemporânea e interpretação e participou em espetáculos do Ballet Nacional de Mónaco com Javier Latorre e Los Ulen de Paco Tous. Mais tarde, integrou a Companhia de Charo Cruz onde actuou em festivais europeus. É professor de baile flamenco e dá cursos em vários países, nomeadamente, no Japão, na Finlândia ou em França.

Para a noite de 21 de Setembro, está agendado um novo espectáculo de “Tablao Flamenco” que será, desta vez, protagonizado pelo bailarino, coreógrafo e maestro Victor Bravo.

Victor Bravo é um artista flamenco e director de baile do museu de baile flamenco de Sevilha. Actuou em Companhias de dança clássica e moderna como, por exemplo, a de Maria Pagés e Joaquin Cortés. Começou os estudos de dança clássica e flamenca com, apenas, quatro anos na Escola Superior de Dança Matilde Coral. Passou pelo Japão onde começou a sua etapa como coreógrafo e director. Hoje, em dia, dirige a sua própria Companhia.

A conceituada bailarina La Choni protagoniza, a 28 de Setembro, a “Grande Gala de Encerramento” deste ciclo. 

 Artista titulada pelo Conservatório Superior de Dança de Sevilha, teve aulas com artistas como Manolo Marín, Manolete, Javier Baron e Israel Galvan, entre muitos outros. O seu baile é caracterizado pela elegância, feminilidade, domínio de braços, mãos e pés e pela maestria com a bata de cola.

Participou no filme “Sevillanas” de Carlos Saura e em espectáculos como De Cádiz a Cuba (Mario Maya,1988), Colores (Rafael de Carmen,2000) A Cuatro voces y el uso de la memória (Eva Yerbabuena 2004 e 2006) entre outros. Criou a sua própria Companhia, em 2007, com a qual tem recebido vários prémios como, por exemplo, o Giraldillo Revelación da bienal de flamenco de Sevilha.

 Programa:

– 07 de Setembro: Grande Gala de Abertura, com Ursula Lopez

– 14 de Setembro: Gala Tablao Flamenco, com El Mawi

– 21 de Setembro: Gala Tablao Flamenco, com Victor Bravo

– 28 de Setembro: Grande Gala de Encerramento, com La Choni

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador