TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS
Kero Kero Bonito

MUSICBOX LISBOA: PRIMEIRAS CONFIRMAÇÕES DE 2017

Kero Kero Bonito, Silver Apples, The Poppers e Throes + The Shine passam pelo Musicbox nos próximos meses.
São já conhecidos alguns dos nomes que passarão pela sala lisboeta nos próximos meses. Em Janeiro, as apostas do clube centram-se na criação nacional, com os concertos de THROES + THE SHINE, MIKE EL NITE & NERVE, ALEK REIN e a apresentação do terceiro disco de originais dos THE POPPERS.

Ainda no primeiro mês do ano, espaço para a estreia dos KERO KERO BONITO, naquela que será a primeira sessão de 2017 das Musicbox Heineken Series. Olhando mais à frente, em Maio, o Musicbox recebe SILVER APPLES, que passa por Lisboa com novo disco.

                                  
                                                                   19 MAIO . SILVER APPLES . 22H30 . €12

Desde a fundação em 1967, que cedo se percebeu que estes Silver Apples iriam influenciar o percurso da electrónica europeia. Explorando o denso território da música drone, desenhram-se na vanguarda do experimentalismo electrónico, antes de nomes como Suicide ou Spaceman 3. Décadas volvidas das edições, Simeon Cox III recupera a história de um dos maiores enigmas da pop contemporânea e surpreende o mundo com um novo disco “Clinging to a Dream”. Razão para este regresso aos palcos e a vinda a Lisboa.

Bilhetes aqui!

                                    
                                                          27 JANEIRO . KERO KERO BONITO . 01H30 . €8

Como a Internet, os Kero Kero Bonito são agregadores de um manancial de informação. Na música, que bebe do j-Pop, dancehall, sintetizadores e bandas sonoras para videojogos, encontramos as ideias e preocupações satirizadas de uma geração que cresceu entre os feeds do Facebook, as crises mundiais, a faculdade e a falta de perspectivas. É de festa que se em “Intro Bonito”, o disco de estreia que recolheu a atenção de meios tão referenciais quanto a Pitchfork, o The Guardian ou o Entertainement Weekly, que os posicionam como uma das bandas a estarmos atentos em 2017.

Bilhetes aqui!

                                
                                                    13 JANEIRO . MIKE EL NITE + NERVE . 22H30 . €10

Entre a euforia e a amargura, Mike El Nite e Nerve são nomes já incontornáveis circuito do rap português. Em nome próprio editaram dois dos melhores disco do género dos últimos anos e, em conjunto, estão já criar uma linguagem especial, carregada da poesia ácida que os caracteriza. Será segunda oportunidade de os verem, juntos, em palco num espectáculo especial com convidados e novidades.

Bilhetes aqui!

                                   
                                                        20 JANEIRO . THROES + THE SHINE . 23H30 . €10

Já distantes do epíteto de criadores do “rock-kuduro”, os Throes+ The Shine cresceram. O responsável é “Wanga”, o mais recente disco, editado e produzido pela Discotexas, que lhes abriu os caminhos do pop mais dançante, universalizando a linguagem, sem que, com isso, se perde-se a África que lhes é genética. Depois de um ano repleto de actuações dentro e fora do país, o colectivo regressa Lisboa para uma rara apresentação ao vivo.

Bilhetes aqui!

                                   
                                     28 JANEIRO . THE POPPERS: APRESENTAÇÃO DE “LUCIFER” . 22H30 . €8

“Lucifer” é o nome do novo disco dos The Poppers e estará nas lojas no final do mês de Janeiro. Gravado nos Blacksheep Studios e produzido por The Legendary Tigerman, o registo marca o regresso às edições do colectivo dos Olivais e é a prova viva de que o Rock N’ Roll é a religião que mais fé deposita nos seus apóstolos. O tema single, “In The Morning”, já roda nas rádios nacionais desde Junho do ano passado.

Bilhetes aqui!

                                   
                                            21 JANEIRO . ALEK REIN + APRIL MARMARA . 22H30 . €6

2016 foi o ano de Alek Rein. Desde as primeiras gravações caseiras a solo até “Mirror Lane”, o primeiro disco, as canções de Alek Rein surgem entre a confissão, o protesto e o sonho. Recuperando a tradição do psicadelismo folk anglo-saxónico o projecto herda a própria história de Alexandre Rendeiro, natural de New Jersey (EUA). Não é com espanto que, por isso mesmo lá encontremos a bizarria de Syd Barrett ou Marc Bolan, o classicismo de John Lennon e a intensidade Rock’n’Roll de Ty Segall.

Bilhetes aqui!

Mais informações e entrevistas: sara.cunha@ctlisbon.com // 92 44 55 201

                                  

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador