TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS
LISBOA NA RUA 2020 – DANÇAR A CIDADE

LISBOA NA RUA 2020 – DANÇAR A CIDADE

Teatro & Arte

Data
06/09/2020 até 27/09/2020
17:30 | Domingo
Local

Lisboa, Lisboa

Classificação Etária
A classificar pela CCE
Preço
Grátis
PUB

Descrição do Evento

LISBOA NA RUA 2020 – DANÇAR A CIDADE – Num ano em que os limites são diariamente desafiados, procuramos neste Lisboa na Rua refletir sobre o mundo e sobre a nossa intervenção, enquanto voltamos a alimentar o espírito com sons e histórias, numa programação que junta música, teatro, cinema, conversas e dança.

O Lisboa na Rua está de regresso, animando a cidade com cinema, música, teatro e dança, mas este ano com um programa um pouco diferente e com algumas regras.
Escolhemos espaços e locais da cidade que permitam manter a devida distância e com acesso limitado para podermos, assim, regressar devagar à cidade, e celebrar a cultura ao ar livre e em segurança, através de uma programação multidisciplinar entre 13 de agosto e 27 de setembro. A entrada é gratuita em todos os eventos, mas sujeita, obrigatoriamente, a inscrição ou levantamento prévio de bilhete.

Apesar de todas as condicionantes, fizemos questão de voltar a trazer a cultura para a rua, respeitando todas as medidas de segurança recomendadas neste momento, de forma a preservar a saúde pública. Assim, este ano, não há grandes palcos nem espetáculos para milhares de pessoas, mas a programação não é menos desafiante por isso. E mesmo ao ar livre, toda a programação do Lisboa na Rua acontece em espaços com lotações limitadas, distâncias de segurança, com máscaras e higienização.

Quem não tem saudades de um pezinho de dança? No Dançar a Cidade deste ano, desafiamos o público a experimentar vários estilos, ao ar livre e a solo, mas sempre com muita animação. Deixe as inibições em casa e venha divertir-se!

DANÇAR A CIDADE | 6, 13, 20 e 27 setembro

Jardim do Palácio Pimenta – Museu de Lisboa
Jardim do Palácio Baldaya
17h30
Evento de entrada livre, com lotação limitada, sujeita ao levantamento prévio de bilhetes nos locais.
Classificação etária: a classificar pela CCE.

6 setembro

Jardim do Palácio Baldaya

DANCE HALL
Bailarina / Professora: Melissa Cardoso
Músicos: Xalalá (Ricardo Don e Denny Azevedo)

O dancehall nasceu nos guetos da Jamaica e é embalado pelo som do raggamurffin, género musical  também típico daquele país.
O raggamurffin é parecido com o reggae, mas com um som mais eletrónico. No início, os passos assemelhavam-se ao hip-hop, mas, com o tempo, os dançarinos foram criando estilos próprios. É uma dança solo, com ênfase nos movimentos das ancas e do peito, que explora a sensualidade e a diversão.

13 setembro

Jardim Palácio Pimenta – Museu de Lisboa

BOLLYWOOD
Professora/Bailarina: Diana Rego
Músicos: Marc Planells, cítara e voz Francisco Cabral, tabla

É a dança característica do cinema indiano.
Exuberante, sensual, cheia de adrenalina e com um fantástico movimento corporal, enfatizando movimentos que surgem da fusão de vários estilos de dança indianos com os estilos alguns ocidentais. A música é contagiante, convidando à dança e ao movimento.
Uma das componentes que se trabalha é o ritmo acelerado das coreografias, que leva a incrementar a resistência física e capacidade de coordenação, bem como a forte expressividade dos movimentos do corpo e do rosto.

20 setembro

Jardim do Palácio Baldaya

SAMBA
Professor/Bailarino: Rafael Paixão
Músicos: Centro Cultural e Escola de Dança Espaço Baião

O samba é um género musical e de dança que está indiscutivelmente ligado à génese da cultura brasileira. Foi essencialmente a fusão de estruturas musicais africanas, indígenas e algumas influências europeias
que ao longo do tempo tornou o samba numa das principais manifestações da cultura brasileira. Apesar de parecer complicado, é mais fácil do que imagina. No próximo Carnaval, vai fazer um brilharete!

27 setembro

Jardim Palácio Pimenta – Museu de Lisboa

AFRO DANCE
Professora/ Bailarina:
Irina Leite Velho
Músicos: António Duarte e Mestre Kabum

Nas danças africanas, o corpo é o principal instrumento de expressão, já que, de acordo com a sabedoria ancestral, é através dele que se manifestam as energias do cosmo e da natureza que se está a invocar. A dança está presente no dia a dia e é usada como forma de celebração em todos os momentos da vida.

Em segurança e em liberdade, dois conceitos que podem ser sinónimos, se assim o quisermos.

LISBOA NA RUA 2020 - DANÇAR A CIDADE

 

NOTAS:

– As atividades presenciais decorrem em espaços com controlo de acessos, de modo a manter a distância de segurança entre os participantes.

– Recomenda-se o cumprimento das regras de segurança pessoal, como o uso de máscara, distanciamento físico e etiqueta respiratória.

– Entrada livre, limitada à capacidade de cada espaço, ao levantamento de bilhetes ou reserva prévia.

– Alguns eventos serão transmitidos em streaming.

LISBOA NA RUA 2020 – DANÇAR A CIDADE – Mais informação ver aqui

Informação Extra:

Autocarros, Estacionamento

Morada:

Lisboa (Vários locais)

Coordenadas GPS:

38°43'15.29"N
9°8'44.25"W
Mapa de Evento da Coolture

Criar Conta de Utilizador