TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS
Cinema nas Ruínas do Convento do Carmo, é o que vai poder ver, de 19 a 31 de agosto, às 21h30, pois as emblemáticas ruínas, transformam-se na mais sugestiva sala de cinema de Lisboa e, por entre as colunas, exibe-se cinema sobre arte e grandes clássicos do cinema italiano.

CINEMA NAS RUÍNAS DO CONVENTO DO CARMO

Cinema nas Ruínas do Convento do Carmo, é o que vai poder ver, de 19 a 31 de agosto, às 21h30, pois as emblemáticas ruínas, transformam-se na mais sugestiva sala de cinema de Lisboa e, por entre as colunas, exibe-se cinema sobre arte e grandes clássicos do cinema italiano.

Este ciclo de cinema, é possível graças à associação entre A Festa do Cinema Italiano, a Ar de Filmes/Teatro do Bairro e o Museu Arqueológico do Carmo , que se juntaram para apresentar CINEMA NAS RUÍNAS – A Grande Arte no Cinema e Clássicos do Cinema italiano.

O ciclo divide-se em duas esferas temáticas, começando com A Grande Arte no Cinema, com filmes que se debruçam sobre as vidas e as obras dos maiores artistas do Renascimento – como Michelangelo, Caravaggio, Tintoretto -, fechando com artistas mais contemporâneos – como Van Gogh, assim como a arte no tempo do nazismo. Todas as sessões contarão com a apresentação de um critico de arte.

Já na segunda semana, será possível apreciar grandes obras do cinema clássico italiano, como o poderoso Belíssima, de Luchino Visconti (com uma interpretação exemplar da atriz Anna Magnani); Ontem, Hoje e Amanhã, de Vittorio De Sica, que será uma oportunidade única para rever a dupla mais amada do cinema italiano: Sophia Loren e Marcello Mastroianni. Do grande western, pela mão de Sergio Leone, com os míticos Clint Eastwood, Lee Van Cleef e Eli Wallach em O Bom, O Mau e O Vilão, passando pelo cinema de terror, com Suspiria, de Dario Argento, e uma volta em vespa com Nanni Moretti, em Caro Diário.

O ciclo não poderia deixar de mostrar um dos maiores êxitos da bilheteira portuguesa: o amado Carteiro de Pablo Neruda.

Programação completa – Cinema nas Ruínas:

19 de agosto, 21:30

Caravaggio – A Alma e o Sangue, Jesus Garces Lambert. Itália, 2018, 90’, leg.pt

Sinopse: Uma viagem cinematográfica emocionante pela vida, a obra e os tormentos do pintor italiano Caravaggio. Luz e sombra, contrastes e contradições, gênio e intemperança distinguem a sua existência e a sua arte.

 

20 de agosto, 21:30

Michelangelo – Infinito, Emanuele Imbucci. Itália, 2018, 95’, leg.pt

Sinopse: O documentário onde o cinema e o mundo da arte se encontram para traçar o retrato de Michelangelo, um homem secreto e transtornado, capaz de contrastes e paixões fortes, mas também dono de grande coragem ao acreditar cegamente nas suas crenças e ideologias.

 

21 de agosto, 21:30

Raffaello, O Príncipe das Artes, Luca Viotto. Itália, 2017, 90’, leg.pt

Sinopse: A primeira transposição cinematográfica sobre Raffaello Sanzio. Uma incursão sobre a jornada artística de Raffaello que passa por um total de 20 locais e 70 obras, das quais mais de 30 são criações do artista.

 

22 de agosto, 21:30

Tintoretto – Um Rebelde em Veneza, Giuseppe Domingo Romano. Itália, 2019, 95’, leg.pt

Sinopse: Com narração de Helena Bonham Carter e uma participação especial de Peter Greenaway, esta nova produção cinematográfica celebra o 500 aniversário do nascimento do último grande artista do Renascimento italiano.

23 de agosto, 21:30

Hitler Vs Picasso – A Obsessão Nazi pela Arte, Claudio Poli. Itália, 2018, 95’, leg.pt

Sinopse: O regime Nazi sempre demonstrou muito interesse pela grande arte, reunindo obras para o Führer. A partir de 4 exposições, o documentário conta a história de vários tesouros roubados pelos Nazis.

24 de agosto, 21:30

Van Gogh, Entre o Trigo e o Céu, Giovanni Piscaglia. Itália, 2018, 116’, leg.pt

Sinopse: Um novo olhar sobre Van Gogh através do legado da maior colecionadora do artista, Helene Kröller-Müller que, no início do século XX, acabou por comprar quase 300 das suas obras, pinturas e desenhos. Narrado pela atriz Valeria Bruni-Tedeschi.

26 de agosto, 21:30

Belíssima, Luchino Visconti. Itália, 1951, 108’. leg.pt

Sinopse: Quando um estúdio de cinema anuncia que está à procura de uma atriz infantil, Maddalena ambiciona conseguir o trabalho para a sua filha Maria. Gasta todas as poupanças da família para que a criança sem graça seja treinada, enfeitada e embelezada antes do teste de ecrã. Uma monumental atuação da grande atriz Anna Magnani no papel da mãe.

27 de agosto, 21:30

Ontem, Hoje e Amanhã, Vittorio de Sica. Itália, 1963, 114’, leg.pt

Sinopse: Adelina é uma contrabandista de cigarros de Nápoles que tenta evitar a prisão mantendo-se grávida a tempo inteiro, para desespero do seu marido. Anna é uma burguesa de Milão que luta contra o tédio mantendo relações extraconjugais. Mara é uma jovem acompanhante de Roma que seduz um seminarista e decide fazer um voto de abstinência, contra vontade dele. Com a grande dupla Sofia Loren e Marcello Mastrioanni.

 

28 de agosto, 21:30

O Bom, O Mau e o Vilão, Sergio Leone. Itália, Espanha, 1966, 173’, leg.pt

Sinopse: Durante a guerra civil norte-americana, três homens, Setenza (o Mau/Lee Van Cleef), Joe (o Bom/Clint Eastwood) e Tuco (o Vilão/ Eli Wallach) andam em busca de uma caixa com 200 mil dólares roubados. Um jogo psicológico de violência e brutalidade crescente, agudizado pela ganância e pela traição. Com música de Ennio Morricone, foi uma das mais caras produções de Sergio Leone.

29 de agosto, 21:30

Suspiria, Dario Argento. Itália, 1977, 98’, leg.pt

Sinopse: A obra prima do mestre do cinema de terror italiano. De todo o cânone do Giallo,Suspiria é possivelmente a sua expressão mais extravagante, opressiva e exagerada, transcendendo as convenções deste género e convertendo-se num monstruoso híbrido cinematográfico. Um ataque direto ao espectador pela pura força da imagem, plena de cores intensas e acidas, música demoníaca e assustadora violência barroca.

30 de agosto, 21:30

O Carteiro de Pablo Neruda, Massimo Troisi, Michael Radford. Itália, 1994, 114’, leg.pt

Sinopse: Baseado no livro Il Postino, de Antonio Skármeta, o filme retrata a amizade entre o poeta chileno Pablo Neruda e um humilde jovem carteiro em 1952, ano em que o famoso escritor Pablo Neruda (Philippe Noiret) é forçado, por questões políticas, a viver exilado numa pequena ilha italiana onde conhece Mario Jiménez (Massimo Troisi), um filho de pescadores sem rumo na vida, que acaba por contratar como carteiro particular. Aos poucos, ambos começam a estabelecer uma sólida relação de amizade e Neruda ensina a Mario poesia para que este possa conquistar o coração de Beatrice (Maria Grazia Cucinotta).

31 de agosto, 21:30

 Querido Diário, Nanni Moretti. Itália, 1993, 101’, leg.pt

Sinopse: Moretti circula por Roma na sua vespa, insurgindo-se contra a destruição do espírito da cidade que se perdeu na vulgarização de subúrbios, para desembocar numa peregrinação-tributo a Pasolini. Querido Diário é um olhar morettiano sobre a Itália dos anos noventa e possivelmente o filme mais popular do realizador.

 

Todos os filmes são exibidos na língua original, legendados em português. 

A entrada tem um custo de 8€ e a lotação é limitada. Os bilhetes vão estar disponíveis aqui e na bilheteira instalada em frente ao Museu Arqueológico do Carmo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador