TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS
“A Voz Lírica" de Isabel Alcobia, acompanhada pela pianista chinesa Shao Ling, é o próximo concerto do Ciclo Piano Forte organizado pelo Museu do Oriente no dia 25 de Janeiro, sábado, às 19.00.

“A VOZ LÍRICA” DE ISABEL ALCOBIA NO MUSEU DO ORIENTE

“A Voz Lírica” de Isabel Alcobia, acompanhada pela pianista chinesa Shao Ling, é o próximo concerto do Ciclo Piano Forte organizado pelo Museu do Oriente no dia 25 de Janeiro, sábado, às 19.00.

“A Voz Lírica" de Isabel Alcobia, acompanhada pela pianista chinesa Shao Ling, é o próximo concerto do Ciclo Piano Forte organizado pelo Museu do Oriente no dia 25 de Janeiro, sábado, às 19.00.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“A Voz Lírica: Árias e Canções, abraça o género canção, numa vertente erudita e outra mais popular, e o repertório lírico para o palco, também em duas das suas vertentes: a Ópera e a Zarzuela. Montanha Yi Meng e Caminho da Luz Solar, as duas canções chinesas da abertura, articulam imediatamente a serenidade de uma melodia montanhosa com a velocidade e energia moderna de uma canção urbana, representando um gesto de celebração ao Ano Novo Chinês, que se festeja nessa noite.

“A Voz Lírica" de Isabel Alcobia, acompanhada pela pianista chinesa Shao Ling, é o próximo concerto do Ciclo Piano Forte organizado pelo Museu do Oriente no dia 25 de Janeiro, sábado, às 19.00.
Isabel Alcobia

As canções portuguesas de Francisco Lacerda representam algumas das suas últimas criações no género canção, onde é possível detetar a influência que a música francesa teve na escrita do compositor. Por outro lado, nas obras de Viana da Motta é possível perceber a proximidade ao Lied alemão. Já a obra de Eurico Carrapatoso, composta em finais do século XX, faz neste programa a transição para as canções de carácter mais urbano, pois usa uma linguagem que se aproxima do estilo da modinha luso-brasileira e do Lundum.

A segunda parte do concerto é constituída por repertório concebido para cena, apresentando dois excertos de Zarzuelas, estilo próprio da cultura espanhola no campo da ópera popular ou mais ligeira. Les Filles de Cadix, de Leo Delibes, sendo uma canção, faz neste programa a transição do estilo anterior para a ópera francesa com a Air des bijoux do Fausto de Gounod. O programa termina com um dos mais importantes exemplos da ópera italiana: Verdi.

Com uma intensa actividade solística, Isabel Alcobia já pisou palcos de todo o mundo. A ópera “Amor de Perdição”, a convite do Teatro Nacional São Carlos, com representações em Lisboa e Bruxelas no âmbito da Europália, “Auto Del Lirio y de la Azucena,” de José Peyro no Museu del Prado em Madrid, “Naufrágios e Milagres” de José Alberto Gil, onde interpretou o papel principal, no Centro Cultural de Belém para o Festival dos 100 Dias, são alguns exemplos das suas actuações.

No domínio da ópera, destacam-se ainda as interpretações de Euridice em “Orfeo”, Pamina em “A Flauta Mágica”, Adele em “O Morcego”, Musetta “em La Bohème”, Giannetta em “O Elixir do Amo”, Norina em “D.Pasquale”, Julieta em “Romeu e Julieta”, Gilda em “Rigoletto”, Violeta em “La Traviata” e Isabel em “Floresta” de Eurico Carrapatoso. Em 2019 foi a soprano convidada para actuar no concerto, em Portugal, da tournée de despedida do prestigiado tenor José Carreras.

“A VOZ LÍRICA” DE ISABEL ALCOBIA NO MUSEU DO ORIENTE
Shao Ling

Natural da China, Shao Xiao Ling é o prodígio do piano que acompanha a voz de Isabel Alcobia neste recital. Tendo começado o ensino musical aos seis anos de idade, concluiu o Curso Complementar de Piano no Conservatório de Música de Shanghai, em 1992. Veio para Portugal como bolseira da Fundação Oriente onde, em 1997, estudou com os professores Vitali Dotsenko e Álvaro Teixeira Lopes. Trabalhou, igualmente, sob orientação da pianista consagrada Helena Sá e Costa. É professora auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro e a sua principal área de ensino centra-se em piano performance e música de câmara. É doutorada em Música pela Universidade de Aveiro (2011), Mestre em Piano Performance pelo Rotterdams Conservatorium (2001) e Licenciada em Ensino da Música pela Universidade de Aveiro (1998). Como concertista, tem apresentado recitais tanto solo como música de câmara e concertos com orquestras nos grandes auditórios e festivais portugueses e, também, em França, Itália e China. É detentora dos prémios nos Concursos de “Cidade de Covilhã”, “Solistas da Juventude Musical Portuguesa”, “Prémios Jovens Músicas da RDP” e “Juventude Musical Portuguesa”.

Os bilhetes podem ser adquiridos aqui, sendo o espetáculo para maiores de 6 anos.

Programa

Montanha Yi Meng | Ruan Ruoshan

Caminho da Luz Solar | Zhang Hongguang

Saudades da minha terra | Francisco Lacerda

Quero cantar ser alegre | Francisco Lacerda

Canção triste | Francisco Lacerda

Amores, amores | Vianna da Motta

Pastoral | Vianna da Motta

Alma minha | João Arroyo

Chorinho do mê filho António | Eurico Carrapatoso

Querem ver essa menina-modinha | Francisco Leal

Esta noite-Lundum | Francisco Leal

Lundú da Marqueza dos Santos | Villa-Lobos

Intervalo

“Cancion de la Paloma” (El Barberillo de Lavapies) |   F.A. Barbieri

“Sierras de Granada” (La Tempranica) | J.Giménez

“Les Filles de Cadix” | Leo Delibes

“Air des bijoux” (Faust) | C. Gounod

“Pace, pace mio Dio” (La Forza del destino) |G. Verdi

 

“A Voz Lírica” de Isabel Alcobia

Árias e Canções

Ciclo Piano Forte

Recital com Isabel Alcobia (canto) e Shao Ling (piano)

25 de Janeiro

Auditório

19.00

Duração: 75’, com intervalo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador