TEATRO &
ARTE
MÚSICA &
FESTIVAIS
GASTRONOMIA
FAMÍLIA &
ENTRETENIMENTO
DESPORTO &
AVENTURA
TODOS OS
EVENTOS

Global Shaper Afonso Reis Cabral vence prémio Europa

O Global Shaper Afonso Reis Cabral acaba de vencer o ‘Prémio Europa – David Mourão-Ferreira’. O jovem escritor foi distinguido na categoria Promessa, que premeia obras de uma personalidade emergente no campo artístico.

O anúncio foi feito hoje pelo júri do ‘Prémio Europa David Mourão-Ferreira’, presidido por Eduardo Lourenço, que anunciou os vencedores da edição de 2016. Esta é a 6ª edição dos prémios, lançados em 2006 e atribuídos de dois em dois anos, cuja cerimónia de entrega terá lugar em Itália, na Aula Magna da Universidade de Bari ‘Aldo Moro’, em data ainda a definir, premeia assim Afonso Reis Cabral.

Afonso Reis Cabral já tinha ganho, em 2014, o Prémio Leya com o romance “O meu Irmão”. O jovem escritor faz parte do Global Shapers Lisbon Hub, uma comunidade de 27 jovens talentosos dedicados a contribuir para a solução de problemas dentro da sua comunidade e região
Afonso Reis Cabral já tinha ganho, em 2014, o Prémio Leya com o romance “O meu Irmão”. O jovem escritor faz parte do Global Shapers Lisbon Hub, uma comunidade de 27 jovens talentosos dedicados a contribuir para a solução de problemas dentro da sua comunidade e região

Este galardão, atribuído pelo Centro Studi Lusofoni – Cátedra David Mourão-Ferreira da Universidade de Bari ‘Aldo Moro’ e do Camões, I.P., foi criado em homenagem ao consagrado autor de “Um amor feliz” (1927-1996) com o objetivo de contribuir para a divulgação da língua e da cultura portuguesas nos países da União Europeia e do Mediterrâneo.

Recorde-se que Afonso Reis Cabral já tinha ganho, em 2014, o Prémio Leya com o romance “O meu Irmão”. O jovem escritor faz parte do Global Shapers Lisbon Hub, uma comunidade de 27 jovens talentosos dedicados a contribuir para a solução de problemas dentro da sua comunidade e região. Este grupo conta com empreendedores, empreendedores sociais, cientistas, docentes universitários, artistas e atletas das mais variadas áreas e sectores.

A nível social, os objetivos do Global Shapers Lisbon Hub passam por promover a discussão informada de políticas públicas; influenciar a política nacional, defendendo a perspetivas dos mais jovens; promover o desenvolvimento de uma cultura de mérito e transparência nas lideranças; além de educar os mais jovens para a importância da cidadania e dos direitos humanos e contribuir para o desenvolvimento do país em fóruns de reflexão da sociedade civil.

Já os objetivos com impacto internacional passam por aumentar a visibilidade do país em fóruns internacionais, fomentar relações com pares internacionais para difusão de melhores práticas e difundir projetos nacionais de excelência a nível global.

Além de contar com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República e de ter assegurado uma parceria com o Alto Comissariado para as Migrações, a nova liderança pretende implementar vários projetos ao longo deste ano, depois de ter já celebrado o Dia da Dignidade em conjunto com a Secretária de Estado da Cidadania e de ter marcado presença no recente Fórum Económico Mundial de Davos.

Sobre o Global Shapers Lisbon Hub

Em 2013 foi criado o Global Shapers Lisbon Hub, por iniciativa de Stephan Morais, Young Global Leaders português, indigitado para o efeito pelo Fundador do Fórum Económico Mundial. Na qualidade de Curador Fundador do Hub de Lisboa, Stephan Morais definiu como objetivo primordial o recrutamento de jovens líderes de diferentes áreas da sociedade Portuguesa.

Foram recrutados os primeiros cinco Global Shapers portugueses: Cristina Fonseca, Inês Santos Silva, Francisco Goiana da Silva, Miguel Santo Amaro e Afonso Reis.

Três anos após a fundação do Global Shapers Lisbon Hub, a equipa constituída por Francisco Goiana da Silva (Curador) e Inês relvas (Vice-Curadora) assume a liderança do grupo de Lisboa.

Os Global Shapers de Lisboa são 27 jovens talentosos plena e humildemente dedicados a contribuir para a solução de problemas dentro da sua comunidade e região. Este grupo conta com empreendedores, empreendedores sociais, cientistas, docentes universitários, artistas e atletas.

Definem-se como meritocráticos, dinâmicos, trabalhadores, colaborativos, humildes e aventureiros e encaram o Hub de Lisboa como um lugar seguro para experimentar, criar e projetar o que ainda está para acontecer, em colaboração com outras partes interessadas como o sector público, a sociedade civil e o sector privado. Os Global Shapers portugueses querem ser uma força positiva na sociedade, para inspirar outros jovens a participarem e envolverem-se com as suas comunidades.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Criar Conta de Utilizador