Exposição Pray for Peace – Arte contemporânea de Portugal e Japão

Partilhar evento pelo Facebook Partilhar evento pelo Twitter Partilhar evento pelo LinkedIn Partilhar evento pelo Google+ Partilhar notícia por email

Exposição Pray for Peace – Arte contemporânea de Portugal e Japão
em 06.12.2017

É inaugurada amanhã 7 de dezembro no Museu do Oriente a partir das 18:30, a exposição Pray for Peace, numa altura em que estão passados mais de 70 anos sobre o bombardeamento atómico de Nagasaki, e numa altura em que o mundo vive nova ameaça nuclear, seis artistas portugueses e oito japoneses reúnem-se em torno da comemoração da paz, nesta exposição de arte contemporânea.

Com recurso a materiais tão diversos como porcelana, papel de seda, madeira ou metal, as obras dos artistas Mami Higuchi, Júlia Pintão, Vitor Espalda, Acácio de Carvalho, Céu Costa e João Carqueijeiro cruzam-se nesta exposição com os trabalhos dos japoneses Mana Aki, Ryuta Endo, Tomiyuki Sakuta, Sanae Yamamoto, Choichi Nishikawa, Kazushige Hamamoto, Takeo Hasegawa e Takashi Yoshida. Pray For Peace – Arte Contemporânea de Portugal e Japão” revela uma ligação inevitável entre os dois países, proporcionando um diálogo entre artistas que se influenciam reciprocamente e refletem sobre o tema da paz numa série de gravuras, xilogravuras, serigrafias e pinturas.

A exposição é complementada por um conjunto de desenhos de crianças de escolas portuguesas e japonesas, elaborados sobre a temática da paz e apresentados em formato vídeo.

Este encontro de culturas, entre Oriente e Ocidente, procura manter vivos os laços que unem Portugal e Japão – cujas relações históricas remontam a 1543 – e resulta de uma cooperação entre a Câmara Municipal do Porto, a Casa Museu Guerra Junqueiro, o Museu da Paz de Nagasaki, o Museu da Bomba Atómica de Nagasaki e a Matriz – Associação de Gravura do Porto, que têm vindo a desenvolver um importante trabalho de intercâmbio artístico.

O mundo mudou. O que foi feito em Nagasaki e Hiroshima já não é tolerado pela maioria dos países. A humanidade sofreu uma evolução. No entanto, ver as notícias revela que temos ainda um imenso caminho a percorrer. Temos que fazer com que as notícias de hoje se tornem em algo impensável amanhã, algo pertencente ao passado. Seria pretensioso pensar que este projecto é um grande passo nessa direcção, mas eu espero que muitos pequenos passos nos mantenham no bom caminho”, afirma a comissária da exposição, Mami Higuchi.

A exposição estará patente até 31 de dezembro, de terça a domingo entre as 10:00 e as 18:oo, sendo que à sexta-feira o horário se prolonga até às 22:00, com entrada gratuita a partir das 18:00. O preço dos bilhetes é de 6 €.

 

Adicione o seu próprio

Comentário no Facebook

PUB


Ao continuar a utilizar este site, concorda com a Política de Privacidade

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close